EnglishPortugueseSpanish
publicidade

O Telegram lançou nesta sexta-feira (5) uma atualização que adiciona recursos de edição de fotos e vídeos ao aplicativo de bate-papo. Disponível para Android e iPhone, a versão 6.2 do programa também apresenta uma série de melhorias no painel de GIFs.

A plataforma agora dispõe de ferramentas que permitem ajustar parâmetros de vídeos, como o brilho e a saturação. O usuário também pode aprimorar a qualidade do vídeo automaticamente, com apenas dois toques na tela do smartphone. Outro recurso inédito é a possibilidade de ampliar imagens e filmes para aumentar a precisão de desenhos ou outras formas de edição. O aplicativo concorrente do WhatsApp ainda ganhou adesivos animados que podem ser inseridos nos materiais de mídia.

publicidade

O painel de GIFs foi atualizado com uma nova seção “Populares”, que reúne os conteúdos mais utilizados pelos usuários. A nova versão traz abas com sugestões relevantes com base em emojis de emoções populares, como o emoji de polegar para cima. Segundo comunicado do Telegram, a empresa melhorou a velocidade de carregamento do painel, e introduziu uma funcionalidade para salvar GIFs pressionando o material por alguns segundos.

A atualização introduz alguns recursos extras para usuários de Android. O app agora apresenta animações suaves quando as mensagens são enviadas, editadas e apagadas nas conversas. O player de vídeo foi melhorado para que os controles e as legendas grandes sejam ocultados mais rapidamente, e clipes de até 30 segundos agora são reproduzidos repetidamente de forma automática.

400 milhões de usuários

Em abril, o Telegram chegou ao marco de 400 milhões de usuários ativos. Ao anunciar a conquista, a empresa indicou que o aplicativo ganhou reconhecimento como uma ferramenta de trabalho remoto e estudo diante do isolamento social imposto pela pandemia do novo coronavírus. A companhia atribuiu o feito à variedade de recursos presentes na versão desktop do aplicativo, entre eles o armazenamento em nuvem. A plataforma ainda planeja lançar um serviço de videochamadas em grupo.  

Fonte: Telegram / The Verge

publicidade