Atualmente, o Google Maps é um dos serviços mais utilizados do mundo. Com o objetivo de melhorar ainda mais a navegação pelo sistema, a empresa deixará a visualização mais colorida e útil para os viajantes.

A partir das imagens já presentes no serviço, o Google aplicou uma visão computacional para identificar com precisão florestas, desertos, rios e montanhas. Em seguida, criou um esquema de cores básico e o aplicou à interface do Google Maps.

publicidade

Untitled_171770ecdd20f1d02.jpg

Antigo (à esquerda) e novo (à direita). Foto: Google/ Divulgação

Em uma demonstração divulgada no blog oficial da empresa, pode-se ver o mapa da Islândia. A versão antiga usa um tom verde para destacar os parques nacionais. A substituição mantém a informação ao mesmo tempo em que explica em que local encontram-se as calotas polares da ilha.

Além disso, a empresa trabalha em versões atualizadas para os mapas das ruas. Agora, as representações vão mostrar a “forma precisa e a largura de uma rua”. Ele também terá informações sobre calçadas, faixas de pedestres e pontos de travessia em cruzamentos movimentados.

Segundo a empresa, a expectativa é a de lançar esses novos mapas para as ruas de Londres, Nova York e São Francisco “nos próximos meses”. Em seguida, a ideia é atingir outras cidades “com o tempo”.

Seguir usuários

O Google Maps ganhou novos recursos que fazem com que o aplicativo se pareça cada vez mais com uma rede social. A partir de agora, é possível seguir usuários para conferir as dicas de lugares na cidade para visitar, seja um parque, cinema ou restaurante.

O recurso começou a ser testado no final de 2019 pelo Google. Com ele, usuários do aplicativo de mapa podem seguir outras pessoas para receber dicas de lugares para visitar na cidade. A novidade inclui usuários do Maps que tenham compartilhados análises, fotos ou listas publicamente.

Ao seguir um usuário, você passará a receber informações sobre novas postagens, recomendações ou outros detalhes diretamente em uma aba chamada Atualizações dentro do aplicativo do Maps.

Via: Engadget