EnglishPortugueseSpanish
publicidade

O Spotify vem trabalhando em uma maneira do próprio aplicativo mobile sincronizar músicas locais sem a necessidade de um computador. A descoberta foi feita por Jane Manchun Wong, engenheira de software, e publicada por ela no último domingo (6) no Twitter.

De acordo com a publicação, o serviço de streaming vem testando a novidade no Android. A ideia central é que o aplicativo também possa sincronizar as músicas disponíveis no armazenamento dos dispositivos. Até então, para que isso aconteça, é preciso que o usuário utilize um computador para sincronizar sua própria biblioteca.

publicidade

O recurso ainda não está disponível para todos usuários. Como revelado numa imagem divulgada por Jane, a opção de importar músicas do próprio celular aparece nas configurações do Spotify. Neste menu, há um botão que habilita o app a “mostrar todos os arquivos de áudio do seu dispositivo na Sua Biblioteca”.

Novo recurso do Spotify, em fase de testes, permite sincronizar músicas off-line do celular com o app. Imagem: Jane Manchun Wong/Reprodução

Ainda não disponível para todos

Também não fica claro se a novidade será disponibilizada em dispositivos iOS. Até então, vale notar, o Spotify permite a sincronização de músicas do tipo para assinantes premium do serviço. A empresa também não permite sincronizar “arquivos ou downloads de fontes ilegais”.

Mais detalhes sobre o lançamento do recurso podem ser compartilhados em breve pelo Spotify. Não ficou claro, neste momento, se a sincronização funcionará também com usuários do plano gratuito, por exemplo.

Mais recentemente, o aplicativo começou a testar um recurso que permite editar mais opções de playlists também no Android. Outra novidade que pode desembarcar em breve ao serviço é um plano de assinatura exclusivo para podcasts. Ainda não se sabe se a plataforma, de fato, lançará esse recurso, que pode ter preço variado de US$ 3 a US$ 8.

publicidade

Fonte: Jane Manchun Wong