EnglishPortugueseSpanish
publicidade

O futuro do automobilismo chegou, ou pelo menos está um pouco mais perto. Em uma impressionante exibição tecnológica, um Model 3 percorreu 576 km entre Los Angeles e o Vale do Silício utilizando apenas o recurso Full Self-Driving (FSD), o “piloto automático” da Tesla.

O motorista filmou o trajeto, mostrando que não interferiu na direção em nenhum momento, a não ser durante um período de um minuto e quinze segundos, quando precisou guiar o carro para uma parada de recarga. Ao todo, o percurso durou cerca de 5 horas.

publicidade

Ainda em fase beta, o FSD foi “cauteloso” em vários momentos. É possível perceber principalmente quando o sistema faz conversões em esquinas ou após paradas, como em semáforos, ou durante momentos em que o veículo trafega em rodovias utilizando o recurso Navigate on Autopilot, específico para esses trechos.

“O fato de que ele [o FSD] foi até Los Angeles e depois retornou sem nenhuma intervenção indica que não foi apenas sorte. O software está ficando cada vez melhor”, comentou o autor do vídeo em seu canal no YouTube.

Esta foi a segunda viagem do motorista usando um Model 3 para completar um longo percurso por meio do piloto automático. No dia 2 de janeiro deste ano, ele publicou um vídeo mostrando o deslocamento de São Francisco a Los Angeles.

publicidade

No entanto, o youtuber mencionou um momento em que o FSD exibiu um “comportamento estranho” ao mudar de faixa na região de Market Street, em São Francisco. Ele também precisou intervir durante cerca de um segundo para desviar de detritos na estrada, além de realizar paradas para recarregar.

O Full Self-Driving foi liberado pela Tesla há poucos meses e apenas para alguns motoristas, mas tem apresentado bons resultados. A empresa tem feito atualizações over-the-air (OTA) constantemente, baseadas em dados coletados de sua frota de veículos que circula ao redor do mundo.

Via: Teslarati