EnglishPortugueseSpanish

Uma versão praticamente final do Windows 10X vazou na internet na quarta-feira (14), revelando uma série de detalhes sobre o novo rival do Chrome OS. De acordo com informações do The Verge, o sistema da Microsoft oferece vários recursos semelhantes ao do Google utilizado em Chromebooks.

Vale lembrar que as primeiras informações sobre o Windows 10X surgiram em 2019, e a expectativa era de que o sistema fosse utilizado primeiramente no Surface Neo — o primeiro smartphone dobrável da Microsoft — e adaptado apenas para dispositivos com telas duplas.

publicidade

No entanto, a Microsoft revelou no ano passado que o Windows 10X também vai funcionar em dispositivos de tela única, como notebooks e tablets.

Interface minimalista

A interface renovada do sistema mostra um novo Windows mais básico que o Windows 10 convencional, capaz de executar aplicativos apenas em tela cheia.

Na tela inicial do Windows 10X, o botão iniciar, basicamente com os mesmos recursos do Windows 10, foi realocado para o centro da barra de tarefas:

Menu iniciar do Windows 10X. Imagem: The Verge/Reprodução

Quando acessado, é aberta uma nova tela cheia com a lista de aplicativos instalados, além de uma barra de busca na parte superior e uma lista com documentos acessados recentemente. Praticamente os mesmos recursos oferecidos pelo Google no Chrome OS.

publicidade

Na lateral inferior direta, o usuário terá acesso a uma nova central de ações com alguns recursos extras. No Windows 10X, a central de ações disponibiliza uma lista com ajustes rápidos em conjunto com uma barra de notificações.

Central de ajustes rápidos ganhou mais funções no Windows 10X. Imagem: The Verge/Reprodução

O nome atrelado à conta Microsoft, bem como os botões de energia também saíram do menu iniciar para a central de ações do Windows 10X.

Novo Explorador de Arquivos

O Explorer, ou Explorador de Arquivos, é um gerenciador menos robusto no Windows 10X. A Microsoft preferiu deixar algumas funções de fora, disponibilizando apenas ajustes mais simples. O gerenciador de arquivos do sistema é separado por duas colunas diferentes, uma onde os diretórios são listados e outra que mostra o conteúdo das pastas.

Novo Explorador de Arquivos do Windows 10X. Imagem: The Verge/Reprodução

O sistema de janelas também muda no Windows 10X. Como demonstrado na animação abaixo, apenas dois aplicativos podem ser abertos em tela cheia. O botão maximizar também foi retirado, dando espaço apenas para os botões minimizar e fechar:

Windows 10X permite abrir dois aplicativos em tela cheia. Imagem: The Verge/Reprodução

Apesar da novidade, vale ressaltar que o Windows 10X, diferente do Windows 10 tradicional, não será um sistema operacional distribuído pela empresa. O objetivo da Microsoft é oferecer o software em conjunto com o hardware, garantindo um bom desempenho mesmo em máquinas mais modestas.

A Microsoft, no entanto, ainda não confirmou uma previsão para o lançamento oficial do sistema, nem quando as fabricantes devem começar a disponibilizar os seus primeiros portáteis com Windows 10X.

Fonte: The Verge