EnglishPortugueseSpanish

Nesta segunda-feira (18) o governo do Vietnã anunciou um investimento milionário para licenciar uma nova unidade da taiwanesa Foxconn no país. Os US$ 270 milhões iniciais serão utilizados pela companhia para construir sua fábrica, destinada inicialmente para a produção local de notebooks e tablets.

De acordo com informações da Reuters, a nova fábrica da Foxconn será construída na região norte do Vietnã, na província de Bac Giang. A meta, segundo o governo, é conseguir produzir pelo menos 8 milhões de dispositivos por ano.

publicidade
Apple Store
Apple pretende realocar a produção de iPads e Macbooks da China para o Vietnã. Imagem: Lobro78/iStock

Produção local de iPads e Macbooks

A própria Foxconn também já investiu cerca de US$ 1,5 bilhão no Vietnã. A companhia taiwanesa declarou que pretende continuar investindo outros US$ 700 milhões no futuro, além de disponibilizar cerca de 10 mil novas vagas de emprego no decorrer de 2021.

O investimento, tanto do governo como da própria Foxconn, coincide com o pedido da Apple de mobilizar parte de sua produção de iPads e Macbooks da China para o Vietnã. A medida, além de diversificar o seu processo de produção, visa minimizar o impacto causado pelas tensões comerciais ainda vigentes entre a China e os EUA.

Vale lembrar que essa disputa entre as potências começou em 2018, depois que o presidente norte-americano, Donald Trump, anunciou uma lista de tarifas que, somadas, totalizaram US$ 50 bilhões sobre importações de produtos vindos da China.

Na ocasião, Trump chegou a mencionar que a China tinha um “histórico de práticas comerciais desleais e roubo de propriedade intelectual”. Em resposta, o governo chinês impôs novas tarifas em mais de 128 produtos norte-americanos.

publicidade

Fonte: Reuters