EnglishPortugueseSpanish

A Samsung é uma das fabricantes que mudou sua política de atualizações para os aparelhos com Android. Depois de reclamações no passado sobre a falta ou demora na liberação de updates, a companhia passou a disponibilizar novos pacotes de segurança para alguns dispositivos que vão completar quatro anos de vida.

A empresa, inclusive, possui uma lista oficial que descreve em detalhes os modelos de smartphones que vão continuar recebendo atualizações no futuro. Em 2021, como de costume, a lista exclui alguns nomes, como os modelos da linha Galaxy A, lançada em 2017 pela gigante sul-coreana.

publicidade

Dentro dessa família de aparelhos, os celulares que vão deixar de receber atualizações são:

  • Galaxy A7 2017;
  • Galaxy A5 2017;
  • Galaxy A3 2017;
  • E, por fim, o Galaxy J3 Pop.

Suporte para modelos topo de linha

A linha Galaxy S9, lançada pela Samsung no início de 2018, vai continuar recebendo os pacotes de segurança do Android neste ano. Uma boa notícia para quem prefere investir em modelos topo de linha de gerações passadas, geralmente vendidos no varejo por preços mais baixos.

Samsung Galaxy S9+
Samsung Galaxy S9+. Imagem: Austris Antons/Shutterstock

Em contrapartida, outros modelos como o Galaxy Tab S7 e Tab S7+ — tablets topo de linha lançados em 2020 — passam a receber atualizações apenas a cada três meses, ficando de fora da política de updates mensais da Samsung. O mesmo acontece com o Galaxy W20 e W21, versões chinesas dos dispositivos dobráveis Galaxy Z Fold e Z Fold 2.

Vários aparelhos intermediários, lançados entre 2019 e 2020, também foram rebaixados pela Samsung para a categoria de atualizações por trimestre, caso de alguns celulares de entrada da linha Galaxy M.

publicidade

De acordo com a Samsung, a frequência de updates, como padrão na indústria de dispositivos móveis, “muda quando o suporte oficial de um dispositivo expira”. Ainda segundo a empresa, os aparelhos mais antigos acabam entrando nessa categoria, deixando de receber atualizações de vez, ou contando apenas com novos pacotes de segurança.

Fonte: Gizchina