EnglishPortugueseSpanish

As notificações de sites, que aparecem durante a navegação na web, podem incomodar muitos usuários, ainda mais se tiverem sido aceitas sem querer. Para aliviar isso, a Microsoft adicionou recentemente um recurso ao Edge — ele silencia essas notificações automaticamente.

O problema é que quem gosta dessas janelinhas ficou com dificuldades para interagir com elas. Para ajudar esses usuários, a Microsoft anunciou uma nova abordagem. A empresa informou que o navegador mais recente, o Edge 88, vai coletar dados sobre a relação dos usuários com os pop-ups.

publicidade
Microsoft Edge vai coletar informações dos usuários para acompanhar a relação deles com os pop-ups. Imagem: Daniel Constante/shutterstock

Depois, a companhia vai rastrear as opções escolhidas pelos usuários — permitir, bloquear, ignorar ou descartar totalmente as notificações — e compilá-las em uma pontuação de incômodo. Se o número for muito alto, o Edge silenciará automaticamente as notificações.

A Microsoft diz, ainda, que vai continuar a ajustar o recurso durante o período experimental e também receberá feedback dos usuários. A equipe do Edge usará dados atualizados regularmente para que os sites possam fornecer um prompt completo para os usuários quando eles tiverem mais chance de obter boas taxas de aceitação desses clientes.

Esse deve ser um forte motivador para que os sites sigam as práticas recomendadas e enviem notificações quando os usuários tiverem maior probabilidade de aceitá-las. Sites que oferecem solicitações discretas terão uma chance aleatória de apresentar o prompt completo. Assim, será possível medir se a página deve fornecer um prompt completo com uma experiência de usuário aprimorada.

Aqueles que não aceitam os pop-ups podem ativar a opção “Solicitações de notificação silenciosas” nas configurações do Edge. A Microsoft também adicionou alguns novos ajustes de notificação. Agora, a partir da versão 85, o navegador pode enviar notificações push mesmo quando está fechado. O browser também pode descartar notificações de tela inteira do Windows 10 automaticamente sem que o usuário tenha de agir.

Fonte: Engadget

publicidade