EnglishPortugueseSpanish

Imagine andar em um patinete motorizado a 100km/h. Parece loucura? Não para a corrida de patinetes elétricos eSkootr S1X. A categoria lançou um novo modelo de competição que chega a uma velocidade de 62 milhas por hora, o equivalente a 100km/h, e tem dois motores de 6 mil W.

Os brinquedinhos fazem parte na nova liga de corrida da eSkootr Championship (eSC), da Inglaterra. De acordo com o site Electrik, existem mecanismos que impedem o patinete de tombar e derrubar o piloto nas competições.

publicidade

LEIA MAIS:

O torque do motor frontal foi um pouco recuado, por segurança. Afinal, é importante evitar acidentes nas curvas acentuadas do percurso. Cada patinete tem um ângulo de inclinação de 45 graus. A velocidade é controlada pelo acelerador na mão e há um segundo botão para impulsionar o patinete imediatamente.

Os patinetes motorizados, que vão correr em circuitos entre 400 metros e 1 quilômetro.
Os patinetes vão correr em circuitos entre 400 metros e 1 quilômetro. Imagem: eSC/Divulgação

O percurso da corrida que vai receber os “veículos” devem ter entre 400 metros e 1 quilômetro e são construídos com uma superfície que possibilite as pequenas rodas. Elas têm apenas 6,5 polegadas, com pneus de 11 polegadas de diâmetro. O patinete de corrida é feito de fibra de carbono e pesa 35 quilos.

As baterias também têm uma capacidade baixa, de 1,33 kWh, mas suficiente para as corridas que devem durar no máximo 10 minutos. Eles têm um interruptor que corta a energia caso o competidor se separe do transporte e os freios são de discos hidráulicos.

A competição com os patinetes motorizados será dividida em blocos de seis corredores, com dez deles avançando para a grande final. As corridas devem começar a ser disputadas no final deste ano de 2021. Agora, só faltam os times profissionais se inscreverem, com a taxa pela bagatela de 400 mil libras por temporada. É mais barato do que a Fórmula 3. Quem topa?

Via: Electrek