A Virgin Galactic apresentou nesta terça-feira (30) a VSS Imagine, primeira de uma nova geração de espaçonaves suborbitais chamada Spaceship III. Com design similar à atual VSS Unity (uma Spaceship II), o novo modelo tem “upgrades que possibilitam melhor desempenho em termos de acesso à manutenção e cadência de voos”, disse a empresa.

A mudança mais impactante é visual: em vez de branca como a Unity, a Imagine é toda cromada, com uma “linha do tempo” dos veículos espaciais pintada no topo e laterais, e a logo da Virgin Galactic na ponta das asas. Basta uma olhada para trazer imediatamente à mente as espaçonaves da ficção nas décadas de 50 e 60.

A Imagine tem a mesma capacidade da Unity, seis passageiros, piloto e copiloto, e é lançada da mesma forma: será levada por uma “nave mãe” (a VMS Eve) até uma altitude de 15 km, quando será solta. Segundos após a soltura, ela acionará seu foguete e subirá a uma altitude de mais de 80 km antes de retornar à Terra e pousar como um avião convencional.

No ápice da trajetória, os passageiros irão experimentar momentos de gravidade zero. É um voo suborbital (pois a espaçonave não entra em órbita) seguindo o que é conhecido como trajetória balística.

publicidade

De acordo com a Federação Aeronáutica Internacional (FAI) o espaço começa a 100 km de altitude, limite conhecido como a Linha Kármán. Porém, nos EUA, qualquer pessoa que ultrapasse uma altitude de 80 km é considerada um astronauta.

Leia mais:

Uma outra Spaceship III, chamada Inspire, está em construção. “As VSSs Imagine e Inspire são espaçonaves estonteantes que irão levar nossos futuros astronautas em uma incrível viagem ao espaço, e seus nomes refletem a natureza aspiracional dos voos espaciais tripulados”, disse Michael Colglazier, CEO da Virgin Galactic. “Parabéns à nossa dedicada equipe, que trabalhou de forma tão brilhante para atingir este marco”.

“Todas as grandes conquistas, criações e mudanças começaram com uma ideia”, disse Richard Branson, fundador do grupo Virgin. “Nossa esperança é que todos os viagem ao espaço retornem com novas perspectivas e ideias que irão trazer mudanças positivas para nosso planeta”.

Fonte: Space.com

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!