A Boston Dynamics anunciou nesta segunda-feira (30) um novo robô. Mas ao contrário de seus irmãos Atlas ou Spot, o Stretch tem um propósito mais “mundano”: foi criado para mover caixas em um depósito, trabalhando por até oito horas por carga de suas baterias com desempenho equivalente ao de um ser humano.

O robô tem uma base quadrada, na qual estão presos um mastro com sensores e um braço mecânico. Na ponta do braço há uma série de ventosas, usadas para segurar (por sucção) os objetos que serão manipulados, que podem pesar até 22 quilos.

publicidade

A necessidade de adaptar o local de trabalho e procedimentos a um robô é um dos principais empecilhos na automatização de armazéns e depósitos, especialmente nos mais antigos.

Mas segundo a Boston Dynamics, “Stretch é um versátil robô para o manuseio de caixas, projetado para implantação rápida em depósitos já existentes. Descarregue caminhões e monte pallets mais rapidamente enviando o robô até o local de trabalho, eliminando a necessidade de nova infraestrutura fixa”.

O vídeo acima mostra o Stretch em ação, movendo caixas, fazendo o “unboxing” de um Spot e interagindo com outro Stretch numa espécie de “dança”. Não está claro se o movimento foi coreografado, ou se os robôs são capazes de se reconhecer e, por exemplo, dividir uma tarefa.

Leia mais:

O braço mecânico tem “sensores e controles avançados” para lidar com uma grande variedade de caixas, e usa tecnologia de visão computacional para identificá-las sem a necessidade de treinamento extenso.

A Boston Dynamics afirma que o Stretch pode mover até 800 caixas por hora, equivalente a um funcionário humano. Estes, por sua vez, precisarão de apenas “algumas horas de treino” para aprender a comandar o novo “colega”. A empresa procura empresas dispostas a testar o Stretch, e espera iniciar vendas já em 2022. Preço não foi divulgado.

Fonte: Engadget

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!