EnglishPortugueseSpanish

O mundo passou a conhecer o Superman em junho de 1938, na Action Comics #1. Mais de 90 anos depois, restam poucas cópias do quadrinho e, agora, uma delas bate um recorde. A revistinha da DC foi vendida em um leilão por US$ 3,25 milhões.

O valor equivale a R$ 18.209.425, com o dólar a R$ 5,60, cotação desta quarta-feira (7). A venda foi realizada pelo site ComicConnect.com, nesta terça-feira (6), em uma compra privada. Quando foi lançada, há quase 93 anos, ela era vendida por US$ 0,10 (ou R$ 0,56).

publicidade

Leia mais:

De acordo com a AP, o valor supera por “pouco” o recorde antigo, de 2014. Naquele ano, outra cópia da mesma revista foi arrematada por US$ 3,2 milhões. Quando foi lançada, a Action Comics teve uma tiragem de centenas de milhares. Restam cerca de 100, em diferentes condições.

Segundo Vincent Zurzolo, COO do site que realizou o leilão, a cópia vendida na terça é uma das que estão em melhor estado de conservação. Essa HQ em específico foi comprada por US$ 2 milhões em 2018 pela pessoa que fez a venda agora.

Superman. Imagem: DC/Divulgação

“Não existe outra revista em quadrinhos que poderia valer mais do que Action Comics #1”, disse Zurzolo. “Ela é realmente onde o gênero de super-heróis começou”, emendou. A HQ conta justamente sobre a origem do Superman, a chegada à Terra e como ele se tornou Clark Kent. Na época, o Homem de Aço ainda não voava.

O site tem outros leilões de quadrinhos em andamento. Por enquanto, nenhum se aproxima deste preço. O de maior preço neste momento é All Star Comics #8, de 1942, que apresentou a Mulher Maravilha, por US$ 1,1 milhão. Ele é seguido pelo Detective Comics #27, primeira aparição do Batman, por US$ 600 mil.

Via: AP / Screen Rant