EnglishPortugueseSpanish

O governo dos Emirados Árabes Unidos firmou uma parceria com a startup japonesa de robótica lunar iSpace para enviar um robô à Lua já em 2022. Os planos são de construir o rover em um centro de pesquisa na capital do país, Dubai

Enquanto o governo do país árabe dicará com a tarefa de montar o robô, a startup será responsável por levá-lo até o nosso satélite natural. O transporte deve acontecer em um foguete Falcon 9, da companhia espacial privada SpaceX

publicidade

A iSpace também ficará com a tarefa de fornecer a tecnologia de comunicação para o projeto. O lançamento deverá acontecer no estado americano da Florida e a missão deverá atingir um ponto ainda inexplorado da Lua. 

O foco da missão dos Emirados Árabes é de aprender mais sobre o solo lunar, a poeira presente no satélite e estudar os corpos sem ar, que são objetos espaciais sem uma atmosfera. Caso a missão seja bem-sucedida, colocará os árabes ao lado de Estados Unidos, Rússia e China como as únicas nações a pousar na Lua. 

No momento, alguns outros países têm planos de alcançar nosso satélite natural, como Reino Unido e Japão. Além deles, a Rússia e os Estados Unidos planejam missões para voltar à Lua. 

Próxima estação, Marte

Foto de Marte produzida pela sonda Hope
Primeira foto de Marte feita pela Hope Probe. Crédito: Divulgação

A missão dos Emirados Árabes na Lua é parte dos planos do país de colonizar Marte, que tem como data limite o ano de 2117. Para os cientistas, essa pode ser a pedra fundamental do projeto.  

Leia também: 

Em 2020, o país lançou com sucesso a missão Hope Probe, que enviou uma sonda para a órbita do Planeta Vermelho. A nação obteve sucesso, com a sonda atingindo Marte em fevereiro deste ano. Além disso, o primeiro astronauta nascido no Emirados Árabes foi enviado ao espaço em 2019. 

Com informações da CNN Brasil 

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!