EnglishPortugueseSpanish

 

A Motorola anunciou nesta quinta-feira (22) o lançamento do Moto G20, mais um aparelho em sua consagrada linha de celulares intermediários. Segundo a empresa, o smartphone tem um “avançado sistema de câmera quádrupla”, que combinado a uma tela com alta frequência de atualização e longa duração de bateria oferece uma “experiência excepcional”.

Na traseira do aparelho há quatro câmeras: a principal tem um sensor de 48 MP com tecnologia “Quad Pixel” que combina quatro elementos do sensor (pixels) em um para aumentar a sensibilidade à luz, mesmo em ambientes escuros. Uma segunda câmera com lente ultra-wide permite “enquadrar 4x mais” do cenário em uma foto, o que segundo a empresa facilita a captura de paisagens.

publicidade
Moto G20 na cor “Breeze Blue” (Azul). Imagem: Motorola

Também há uma câmera macro, para captura de closes extremos, e um sensor de profundidade, usado para desfocar o fundo da cena em retratos. A câmera frontal, equipada com um sensor de 13 MP, complementa o conjunto.

A tela Max Vision HD+ tem proporção 20:9 e 6.5″, com resolução de 720 x 1600 pixels. A atualização a 90 Hz resulta em uma movimentação mais “fluida” das imagens na tela. Já a bateria de 5.000 mAh promete “mais de dois dias” com uma única carga.

Leia mais:

O Moto G20 é baseado em um processador octa-core UNISOC T700 “feito sob medida” para a Motorola, acompanhado por 4 GB de RAM e 64 ou 128 GB de memória interna, que pode ser expandida com cartões microSD de até 1 TB. O sistema operacional é o Android 11.

Segundo a Motorola, o Moto G20 já está disponível nas cores Breeze Blue (azul) e Flamingo Pink (rosa) em “mercados selecionados” na Europa, onde custa cerca de 170 Euro (R$ 1.100, em conversão direta), e chegará a “outras regiões” nas próximas semanas.

Ainda não temos informações sobre um lançamento no Brasil. Mas considerando que seus “irmãos” G10 e G30 desembarcaram por aqui há pouco tempo, não deve demorar muito.

Fonte: Motorola