O PIX foi lançado há alguns meses pelo Banco Central e se tornou um dos meios de pagamento mais utilizados em todo o Brasil. Uma pesquisa realizada pela Panorama Mobile Time/Opinion Box apontou que 73% dos brasileirosjá passaram a utilizar o sistema de pagamento instantâneo pelo smartphone.

Uma das demonstrações claras do sucesso da nova ferramenta é o apontamento do Buzzmonitor Trends, módulo da plataforma de software-as-a-service para gestão de social media e atendimento multicanal do Elifegroup, que afirma que o PIX foi o assunto mais citado nas postagens comerciais sobre o Dia das Mães de 2021.

publicidade
Ilustração de uma transferência no Pix
O PIX se tornou o principal meio de pagamento do Dia das Mães. Créditos: Shutterstock

A pesquisa feita nas redes sociais mostra que o sistema de pagamento foi citado mais de 8 mil vezes de 26 de abril a 5 de maio. “Transferência”, “dinheiro”, “PicPay”, “cartão” e “boleto”, são outros métodos de pagamento citados nas publicações sobre a data comemorativa. A análise do Buzzmonitor informa que perfis comerciais estão investindo nas redes sociais como principal meio de venda.

Um dos motivos para isso pode ser a pandemia do Coronavírus que dificultou as vendas presenciais e levou os comerciantes à apostarem em vendas on-line e meios de pagamentos diferentes dos convencionais. Como, por exemplo, o PIX, que permite a transferência instantânea a qualquer horário ou dia.

Leia também!

De acordo com a pesquisa, outras palavras muito utilizadas são as que definem as maneiras de entrega das compras feitas para o Dia das Mães. Hashtags também possuem muitas menções para aumentar o nível de alcance das publicações, as principais são: #Presentescriativos, #ModaFeminina, #Moda e #Semijoias.

O Dia das Mães é o segundo dia comemorativo mais rentável para o comércio brasileiro, perdendo apenas para a Black Friday. Segundo a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), a previsão é de um crescimento de 9% do número de compras online entre 20 de abril e 8 de maio em 2021, e o faturamento neste ano pode subir até 18% em relação ao mesmo período do ano passado.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!