A Caixa Econômica Federal liberou nesta segunda-feira (10) o saque ou transferência dos recursos da primeira parcela do auxílio emergencial 2021 que foram creditados na Poupança Social Digital.

Antes, a data para retirada estava prevista para o dia 20 de maio. Recursos ainda podem ser movimentados pelo aplicativo Caixa Tem e na Rede Lotérica de todo o país.

publicidade

Confira abaixo o calendário de saques da primeira parcela:

Calendário de saques da primeira parcela do auxílio emergencial. Créditos: Divulgação/Caixa
Calendário de saques da primeira parcela do auxílio emergencial. Créditos: Divulgação/Caixa

Em 2020, o Caixa Tem foi utilizado por milhões de brasileiros para receber o auxílio emergencial do governo federal, que tem como objetivo ajudar a amenizar os impactos econômicos causados pela pandemia do novo coronavírus. A Caixa abriu mais de 105 milhões de Contas Poupança Social Digital no último ano de forma gratuita, o que promoveu a inclusão social e financeira de 35 milhões de brasileiros que nunca tiveram contas em banco. Com isso, ele acabou se tornando o software mais baixado de 2020 no Brasil, com 303,8 milhões de downloads.

Além disso, o aplicativo acabou servindo para a realização de outros pagamentos do governo, como o BEm (Benefício Emergencial), pago a quem teve o salário reduzido, o abono salarial do PIS/Pasep, o saque emergencial do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) e também aos beneficiários do Bolsa Família.

Leia mais!

Auxílio Emergencial 2021: como consultar se terá direito ao benefício

O Auxílio Emergencial de 2021 começou a ser pago no dia 6 de abril e, conforme algumas mudanças nas diretrizes e regras do projeto, muita gente está na dúvida se vai ou não conseguir receber o dinheiro extra. Pensando nisso, elaboramos um tutorial sobre como consultar se tem direito ou não ao benefício.

Dividida em quatro parcelas, a nova rodada de pagamentos terá um valor médio de R$ 250, podendo chegar até R$ 375 para famílias comandadas por mulheres que criam filhos sozinhas. Os valores, pagos por meio do Caixa Tem, serão direcionados aos trabalhadores informais com renda mensal inferior a meio salário mínimo e renda familiar de até três salários mínimos.

Como este ano não foram abertos novos cadastros, só terá o benefício aqueles que tenham recebido também em 2020. De acordo com o cronograma, para quem recebe o Bolsa Família, os pagamentos começam em 16 de abril e continua valendo a regra do valor mais vantajoso.

Para consultar se você vai ou não receber o Auxílio Emergencial, acesse a página do benefício no site do Dataprev a partir desta sexta-feira (2) e informe alguns dados pessoais. A previsão era que a consulta já estivesse liberada nesta quinta-feira (1º), porém o governo adiou a disponibilização do sistema.

Como consultar se vou receber o Auxílio Emergencial?

1. Acesse a página de consulta do benefício pelo site do Dataprev;

Saiba como consultar se tem direito ao Auxílio Emergecial pelo Dataprev. Imagem: Reprodução

2. Digite os dados solicitados (CPF, nome completo, nome da mãe e data de nascimento). Depois, marque a opção “Não sou um robô” para a verificação e aperte “Enviar”;

Saiba como consultar se tem direito ao Auxílio Emergecial pelo Dataprev. Imagem: Reprodução

3. Pronto! Na tela seguinte acesse as informações sobre a aprovação ou não do Auxílio Emergencial para você.

Saiba como consultar se tem direito ao Auxílio Emergecial pelo Dataprev. Imagem: Reprodução

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!