A falta de planejamento é algo que custa muito caro para as empresas e pessoas, até porque dá margem para cometer gafes e falar o que pode ser interpretado de uma maneira ruim em post nas redes sociais. Por exemplo, no Brasil, vários empresários recebem críticas dos consumidores por publicarem mensagens que vão contra a importância das vítimas causadas pela crise da Covid-19.

Independente de quem seja, declarações mal colocadas rendem cancelamento de contratos de patrocínio, demissões e até boicote por parte do público. O que ainda não existia registro era de que alguém que tenha perdido US$ 16 bilhões, ou seja, cerca de R$ 84 bilhões por conta de um post.

publicidade

Isso aconteceu com Wang Xing, o CEO e fundador da Meituan-Dianping, uma importante big tech chinesa. Ele é visto como pioneiro na digitalização da venda de serviços offline, compra de comida em restaurantes, reservas em hotéis, contratação de seguros online ou encomendas em supermercados, por exemplo. O aplicativo foi desenvolvido sob sua orientação e depois integrou todos estes serviços em apenas uma plataforma, movimentando milhões de dólares todos os dias.

Leia mais!

Um mês atrás, a Meituan está sendo investigada por uma ação movida por promotores chineses. A multa seria de US$ 800 milhões por supostas práticas monopolistas. Outras big techs do país também estão sendo ameaçadas de multa pelo mesmo motivo.

Nos últimos 14 anos, Wang manteve o hábito de postar algumas vezes por dia na plataforma microblog Fanfou, parecida com o Twitter, em que soma 200 mil seguidores.

No começo de maio, ele postou versos de um poema chinês escrito há mais de mil anos, na dinastia Tang. Porém, o poema é uma crítica à censura praticada pelo primeiro imperador da China, Qin Shihuang. Por mais que fosse apenas uma literatura, o post foi interpretado como uma provocação ao governo da China.

A publicação gerou reação de investidores na bolsa de Hong Kong e em um único pregão, os ativos da empresa caíram mais de US$ 16 bilhões em valor. De acordo com a consultoria Enlightment, mais de 4,2 milhões de pessoas comentaram o texto de Wang com a colocação de que seria uma indisposição do empresário com o governo local.

Por conta da repercussão negativa, Wang apagou o post e disse que a poesia fazia referência às dificuldades de empreender em um ambiente muito competitivo. A situação de perda multibilionária evidencia o fato de que para ganhar dinheiro na China precisa estar alinhado com o governo local.

Fonte: UOL

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!