O serviço de streaming de músicas Apple Music vai contar com suporte a áudio lossless e também ao áudio espacial Dolby Atmos no próximo mês. Segundo promessa feita pela Apple, as novidades chegarão por meio de uma atualização de software no aplicativo da plataforma.

O mais surpreendente, porém, é a questão financeira: o Apple Music vai oferecer o áudio lossless e o suporte a Dolby Atmos sem custo extra para quem já é assinante. Em outras palavras, usuários dos planos Família e de estudantes também contarão com uma experiência de áudio mais imersiva e aprofundada.

publicidade

Leia também

Imagem mostra um homem segurando um smartphone com a logomarca do Apple Music na tela: app receberá suporte a audio lossless e dolby atmos em junho
Novos formatos de áudio chegarão ao Apple Music em junho: a promessa é a de que eles tragam uma maior imersão sonora ao usuário. Imagem: mrmohock/Shutterstock

O áudio lossless é um formato de som sem compressão – ou com o mínimo possível de compressão – que oferece uma qualidade musical muito próxima daquela de um estúdio. Normalmente, ele é visto com mais frequência entre “audiófilos” e entusiastas do mercado fonográfico.

Já a tecnologia Dolby Atmos foi desenvolvida pela Dolby, consistindo, basicamente, de uma expansão aos canais de som surround comuns ao adicionar controles de altura e profundidade, permitindo que você interprete sons em três dimensões.

Na oferta da Apple Music, a empresa antecipa 20 milhões de faixas no serviço com suporte às novidades, com 75 milhões de músicas do catálogo até o final do ano. Entretanto, a empresa confirmou que elas serão exclusivas para assinantes, e não contemplarão compras de faixas na qualidade superior.

O Apple Music conseguirá reproduzir o áudio lossless e a tecnologia Dolby Atmos em todos os dispositivos compatíveis, incluindo iPhones, iPads, Apple TVs e outros lançamentos feitos pela empresa nos anos mais recentes. Entretanto, a empresa não informou o dia exato em que a atualização vai chegar.

Vale lembrar que o áudio lossless está, aos poucos, caindo nas graças do público mais casual: o Spotify tem planos de lançar suas músicas “HiFi” – um nome próprio deles para o mesmo recurso – enquanto a Amazon anunciou recentemente que o “Amazon Music HD” será gratuito a todos os assinantes de sua plataforma Amazon Music Unlimited. Finalmente, o Tidal tem a linha de produtos “Tidal Masters”, com áudio que pode até exceder a resolução de 96 kHz/24 bits.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!