A Amazon vem investindo forte nos games. Comprou a Twitch em 2014, a maior plataforma de streaming especializada em jogos. Criou na sequência o Prime Gaming, um serviço de assinatura incluído no Amazon Prime que oferece conteúdos e jogos grátis para os assinantes. Agora, o estúdio Amazon Game se prepara para seu passo mais ousado: o lançamento do MMORPG ‘New World’.

A responsabilidade é grande, já que a desenvolvedora precisa se recuperar do desastre causado pelo cancelamento de ‘Crucible’ – seu primeiro projeto grande, um shooter que começou a ser produzido em 2014 e foi encerrado no ano passado. E para mostrar a que veio, a empresa convidou diversos veículos de imprensa especializados, incluindo o Olhar Digital, para conhecer ‘New World’ e o seu modo “Expedições”.

publicidade

Em uma sessão guiada com os desenvolvedores da Amazon Game Studios, pudemos conferir um grupo de jogadores se aventurando por uma das dungeons do jogo, a “Escavação de Amrine”. “As Expedições são um conteúdo no estilo masmorra, onde um grupo de cinco jogadores se aventura por um espaço personalizado, cheio de inimigos e quebra-cabeças, que culmina em lutas espetaculares contra chefes”, explica o diretor criativo da Amazon Game Studios, David Verfaillie.

Em ‘New World’, o jogador encarna um explorador preso na ilha de Aeternum. A região tem sido, por séculos, cercada por mistérios e acontecimentos fantásticos. Inicialmente sem recursos, cabe ao jogador tentar sobreviver e encontrar aliados, na medida em que desenrola a história do lugar. Todo cenário reproduz uma fantasia medieval, com locações que variam bastante em arquitetura, fauna e flora.

Presos num ciclo de vida, morte e ressurreição, os habitantes da ilha se dividem em três facções inimigas: Saqueadores, Sindicato e Aliança. Escolher seu lado nesta briga influencia sua interação com os NPCs e no combate com outros jogadores. De acordo com Verfaille, a ideia é que o PvP de ‘New World’ seja mais concentrado no controle de território entre as facções.

Leia também:

“Queremos que os jogadores participem ativamente da corrida por influência – uma corrida em que dois grupos lutam por meio de missões PvP para ver quem ganha o direito de declarar guerra”, conta o desenvolvedor. “Esperamos que o jogo PvP culmine em divertidas e dramáticas guerras em grande escala, onde o que está em jogo é o controle de territórios valiosos”, completa.

Nesse contexto, as Expedições servem para que jogadores ganhem níveis, objetos valiosos e armas para se prepararem melhor para o conflito geral. ‘New World’ ainda terá outros modos, como o ‘Outpost Rush’, com eventos de 20 contra 20, no qual as equipes competem pelo controle de fortalezas e recursos estratégicos.

Pela demonstração promovida aos jornalistas, é possível ver que o combate em ‘New World’ é muito mais dinâmico do que em outros jogos do mesmo gênero. O game bebe muito mais da fonte de títulos modernos como ‘Outrider’ e ‘The Elder Scrolls Online’ do que clássicos como ‘World of Warcraft’. Golpes, magia e itens se combinam com esquiva e estratégia, deixando tudo mais dinâmico e valorizando o trabalho em grupo.

Como qualquer MMORPGs de respeito, ‘New World’ terá missões para serem cumpridas e permitirá a fabricação de itens e equipamentos. Porém, a Amazon Game Studio está apostando em um sistema de evolução de personagens baseado em pontos no lugar de classes definidas. A ideia é que se você quiser seguir uma determinada profissão, será necessário escolher sua arma e treinar com ela, para adquirir os pontos necessários para aquela habilidade.

O lançamento oficial de ‘New World’ está marcado para 31 de agosto, e o jogo está em pré-venda no Steam e no site oficial da Amazon Game Studios. A Edição Standard (R$ 75,49) dá direito a acesso ao Beta Fechado do game, que começa no dia 20 de julho, além dos itens bônus “Amuleto de Isabella”, um título exclusivo, o emoji “Soquinho” e um conjunto de brasões de guilda.

A Edição Deluxe (R$ 93,99) inclui os mesmos bônus e o conjunto com o visual de armadura e machadinha do “Lenhador”, um pet “Mastim” (desbloqueado no nível 20 no jogo), o conjunto de emojis Pedra/Papel/Tesoura e um livro de arte digital do ‘New World’.