Ciência e Espaço

Hora de trabalhar: Rover Zhurong, da China, começa a explorar a superfície de Marte

22/05/21 12h59, atualizada em 22/05/21 21h25
Ilustração do rover chinês Zhurong em Marte

Imagem: CNSA

Zhurong, o rover chinês em Marte, deixou sua plataforma neste sábado (22) para começar a explorar a superfície do planeta, de acordo com a Administração Espacial Nacional da China.

Sua missão é simples: viajar pelo Planeta Vermelho para coletar informações e realizar explorações científicas. O robô, que é impulsionado por energia solar, conta com seis rodas e seis cargas úteis, tais quais:

  • Câmera de terreno configurada;
  • Radar de detecção de subsuperfície;
  • Detector de composição de superfície;
  • Câmera multiespectral, dentre outros.
Painéis solares do robô Zhurong, da China, são exibidos em imagem capturada pelo veículo no solo de Marte. Imagem: China National Space Administration/Divulgação

A exploração do rover faz parte da missão Tianwen, que tem como objetivo estudar as várias características de Marte, incluindo sua morfologia e estrutura geológica, estrutura interna, características do solo, composição, ionosfera, distribuição de água e gelo, atmosfera, clima e aspectos físicos.

A missão também conta um satélite que ficará encarregado de localizar um terreno propício para a montagem de uma estrutura de coleta de amostras para quando futuras missões retornarem ao planeta.

Leia também

Com sua chegada, a China se tornou o terceiro país a pousar em Marte, precedida pela União Soviética e EUA. O Zhurong, que pesa mais ou menos 250 quilos, deve continuar seu trabalho por cerca de três meses.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Deixe sua opinião
Sugeridos pra você
Tags