Para reduzir a necessidade da ida aos postos presenciais durante a pandemia da Covid-19, a Secretaria Estadual de Saúde junto com a Prodesp lançaram novas funções no Poupatempo Digital, para otimizar o atendimento. Pelo app, é possível tirar a carteira de vacinação digital.

A carteira de vacinação digital pode ser acessada pelo celular e conta com as mesmas informações do comprovante entregue no formato impresso à população imunizada. O app do Poupatempo Digital permite baixar a carteira, que vem com um QR Code para comprovar as informações sobre imunização do usuário. Lembrando que a carteira só pode ser acessada por quem já fez o cadastro no Vacina Já.

publicidade

Carteira de vacinação

“Neste momento em que a tecnologia tem se mostrado ainda mais essencial na vida das pessoas, a Prodesp, em parceria com a Secretaria Estadual da Saúde, desenvolveu a versão digital da Carteira de Vacinação, para oferecer mais praticidade, na palma da mão. Como o comprovante de vacinação deve ser apresentado para a aplicação da segunda dose, caso o cidadão não tenha o documento impresso, poderá apresentar carteira digital, no celular”, explica André Arruda, presidente da Prodesp.

Leia mais!

Para acessar basta baixar o app do Poupatempo Digital (iOS e Android) ir em Serviços > Vacinação COVID-19 > Carteira de Vacinação. Caso ainda não tenha o cadastro no Vacina Já, o usuário poderá optar por ser redirecionado ao site.

O app ainda permite que o usuário faça o pré-cadastro para receber a vacina em São Paulo. Apesar de não ser obrigatório, o cadastro facilita o atendimento e reduz o tempo de espera na hora de receber a vacina. Segundo dados da secretaria, mais de 8 milhões de usuários já preencheram o cadastro.

Além disso, o serviço ainda emite uma validação digital de vacinação, que permite o usuário confirmar que foi imunizado. O app do Poupatempo Digital foi lançado em maio de 2020 e já conta com mais de 8 milhões de serviços realizados que antes precisam ocorrer presencialmente.

Lembrando que a carteira de vacinação feita pela Secretaria de Saúde do estado de São Paulo. é diferente da desenvolvida pelo ConecteSUS, do governo federal, que também funciona de forma digital e é aceita em todo o Brasil.

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!