Filmes de terror estão longe de ser a praia da maioria da população. Mas, para quem gosta, o gênero recebe todos os louvores e leva conforto. Por isso, Jonathan Barkan prepara o documentário ‘Mental Health and Horror’, ou ‘Saúde Mental e Terror’, na tradução literal, para explorar os impactos positivos desses longas.

Barkan trabalha com o produtor Andrew Hawkins (‘Insetos’ e ‘In Search of Darkness: Part II’) na criação do documentário longa-metragem. Eles focam, principalmente, nas “liberações catárticas” que o terror pode ter sobre pessoas que convivem com doenças psicológicas. As filmagens seguem neste ano de 2021 e a estreia é prevista para o primeiro trimestre de 2022.

publicidade

Leia mais:

“Quando a ideia desse documentário me veio à mente, ela se recusou a ir embora. Há muito tempo luto com doenças mentais e o terror, que sempre amei, sempre esteve presente como meio de apoio ”, destacou o diretor, em entrevista ao site Fangoria.

Além de fãs do gênero, a dupla vai entrevistar críticos, historiadores de cinema, cineastas, produtores, escritores e profissionais de saúde mental. Na próxima quarta-feira (23), será lançada uma campanha de financiamento coletivo para ajudar na realização do filme. Os fundos vão para instituições de apoio à saúde mental e de caridade para auxílio de comunidades marginalizadas.

Barkan acrescentou que o terror sempre foi tido como a “ovelha negra” da indústria, e também socialmente. Com o documentário, ele pretende também mostrar que os filmes de terror têm poder, importância e utilidade para diversos tipos de pessoas.

“Este documentário tem dois objetivos: o primeiro é fazer com que aquela pessoa no meio do nada, que ama o terror, mas não tem sistema de apoio nem acesso a recursos de saúde mental, saiba que não está sozinha. O segundo objetivo é lutar ativamente contra estereótipos e estigmas prejudiciais que nossa comunidade enfrenta diariamente”, completou o diretor.

Confira o pôster de divulgação do documentário:

Pôster do documentário 'Saúde mental e Terror'
O pôster oficial do documentário foi criado por Jason Kauzlarich. Imagem: Divulgação

Via: Bloody Disgusting / Fangoria

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!