Uma “bolha de calor” está sobre o oeste do Canadá e o noroeste dos EUA no Pacífico, levando as temperaturas a índices cada vez mais elevados.

Verão no Lost Lake Park, em Whistler, no Canadá.
A cidade abriga, normalmente, um resort de esqui – Imagem: Irina274 – Istockphoto

Mais de 40 novas elevações de temperatura foram registradas na Colúmbia Britânica no fim de semana, até mesmo na cidade de Whistler, conhecido resort de esqui. E a área de alta pressão que retém o ar quente na região deve continuar causando recordes ao longo da semana.

publicidade

O Environment Canada emitiu alertas para Colúmbia Britânica, Alberta e partes de Saskatchewan, Yukon e os Territórios do Noroeste. “Uma onda de calor prolongada, perigosa e histórica persistirá nesta semana”, disse o jornal.

De acordo com o veículo, as altas temperaturas chegaram a 30oC na tarde de domingo (27), e chegarão a um pico próximo aos 40oC, em algumas regiões, no meio da semana. Essas são temperaturas de 10 a 15 graus Celsius mais altas do que o normal.

Leia mais:

Segundo o site Science Alert, o Serviço Meteorológico Nacional dos Estados Unidos emitiu um alerta semelhante sobre uma “onda de calor perigosa” que poderia causar um aumento recorde de temperaturas em partes dos estados de Washington e Oregon.

“A onda de calor histórica do noroeste continuará durante grande parte da próxima semana, com inúmeros recordes diários, mensais e até mesmo de todos os tempos provavelmente a serem alcançados”, disse o órgão em comunicado.

Canadá registra temperatura mais alta em 84 anos

A temperatura mais alta já registrada no Canadá foi de 45°C (113°F), em duas cidades no sudeste de Saskatchewan, em 5 de julho de 1937. Esse recorde foi quebrado no último domingo (27) em Lytton, British Columbia – cerca de 250 km a nordeste de Vancouver, que chegou a 46,1°C (114,98°F).

Como consequências graves desse fenômeno, os riscos de incêndios florestais são elevados e os níveis de água em lagos e rios ficam mais baixos.

Tudo indica que as lojas tenham esgotado o estoque de aparelhos de ar condicionado e ventiladores portáteis, enquanto as cidades abriram centros de resfriamento de emergência e vários postos de vacinação contra a Covid-19 foram fechados.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!