Em abril deste ano, o Salão do Automóvel de Xangai teve como um dos destaques a apresentação do ORA Punk Cat, da Great Wall Motor, modelo elétrico com design fidedigno ao clássico Volkswagen Beetle, o “Fusca“. Agora, a empresa patenteou dois designs do veículos de cinco portas, tanto na China quanto no Escritório de Propriedade Intelectual da União Europeia

Um dos carros parece ser o Punk Cat mostrado no evento da China. No entanto, o segundo modelo é ainda mais parecido com o Fusca, seguindo o mesmo layout retrô e exterior que lembra (e muito) o veículo “queridinho” do Brasil nos anos 1960 e 1970.

publicidade
ORA Punk Cat: 'Clone' chinês e elétrico do Fusca é patenteado na Europa. Imagem: Great Wall Motor/Reprodução
ORA Punk Cat: ‘Clone’ chinês e elétrico do Fusca é patenteado na Europa. Imagem: Great Wall Motor/Reprodução

Os dois designs foram enviados ao escritório europeu no dia 3 de junho. No dia 11, foram concedidos à marca os “direitos exclusivos em todos os atuais e futuros Estados Membros da União Europeia”. No entanto, a autorização legal expira em cinco anos, e pode ser renovada por um máximo de 25.

Nas página de cadastros de ambos os carros no Escritório de Propriedade Intelectual da União Europeia, a Great Wall Motors não fez referência nenhuma ao clássico criado por Ferdinand Porsche ou à Volkswagen. A montadora credita a criação do modelo a 11 profissionais chineses envolvidos no projeto.

A Volkswagen não se pronunciou sobre o registro de patentes em ambiente europeu. No entanto, ainda na época do Salão de Xangai, a montadora alemã afirmou em nota ao site Carscoops que iria entrar na Justiça contra a empresa chinesa. “Nós verificamos esta questão no que diz respeito a quaisquer violações do modelo de utilidade ou direitos de design da Volkswagen AG, e nos reservamos o direito de tomar todas as medidas legais necessárias”, apontou.

Só que há um porém: processar uma marca chinesa por violação de direitos autorais é um esforço notoriamente difícil, que consome bastante tempo, dinheiro e com o risco de retaliação. Isso porque, se a empresa local tem o apoio do Estado chinês, isso significa que os negócios da Volkswagen Group na China podem, de repente, se deparar com obstáculos complicados, e a alemã talvez não queira esse tipo de aborrecimento.

Saiba mais sobre o fusca elétrico chinês

Apresentando no Salão de Xangai em 2021, o ORA Punk Cat abusa dos elementos de design mais marcantes do clássico do Fusca, como faróis redondos cromados, arcos das rodas fortemente alargados, espelhos retrovisores circulares, para-choques dianteiro e traseiro protuberante, além de uma seção traseira curva e luzes ovais.

Fusca elétrico. Imagem: Ora/Divulgação
Fusca elétrico da Great Wall Motors. Imagem: Ora/Divulgação

Uma das diferença notáveis é que a carroceria foi esticada para instalarem as portas traseiras (diferente do “estilo duas portas” do original). Mesmo assim, o resultado é muito parecido com o protótipo do Fusca com quatro portas que a Volkswagen chegou a desenvolver décadas atrás, mas que acabou dando origem ao Golf.

Fotos oficiais divulgadas ainda revelam que o elétrico terá grandes rodas de liga leve e freios a disco nos quatro cantos. A versão chinesa do Fusca também não tem para-lamas tão encorpados e os frisos laterais foram trocados por molduras cromadas nas janelas e por frisos paralelos no teto, algo que recria as calhas do carro original.

Leia mais:

E quanto ao interior? Podemos dizer que é a fusão do original com um conceito futurista. O clássico volante tipo “cálice”, com aro interno cromado para acionar a buzina, foi recriado e o velocímetro redondo fica por trás dele. Maçanetas ficam embutidas em design cromado e os pedais são ovais. Os toques de modernidade ficam para o sistema de entretenimento flutuante com tela touchscreen e as saídas de ar-condicionado.

A versão do Fusca elétrico tem um motor elétrico de 143 cv e 21,4 kgfm, que para honrar o clássico será instalado na traseira para acionar as rodas traseiras. Dois conjuntos de baterias estarão disponíveis, com 47,8 kWh e 59,1 kWh – este com autonomia próxima de 500 km. Os tempos de recarga serão em torno de oito horas (versão comum) e um pouco mais de 30 minutos com carregamento ultrarrápido.

Fusca elétrico. Imagem: Ora/Divulgação
Interior do Fusca elétrico. Imagem: Ora/Divulgação

Fontes: Auto Evolution e CarScoops

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!