As mulheres podem ser capazes de identificar as intenções sexuais de um homem apenas com base no rosto. Um estudo da Universidade Macquarie, na Austrália, concluiu que o interesse de um homem em sexo casual pode ser medido com precisão através do formato da face e outras características.

Joseph Antar e Ian Stephen publicaram a pesquisa na revista Evolution and Human Behavior. O artigo revela que os voluntários que participaram do estudo responderam a um questionário focado nos impactos da pandemia da Covid-19 na sexualidade dos participantes.

publicidade

O resultado é de que o interesse das mulheres em sexo casual diminuiu bastante durante o isolamento enquanto nos homens isso permaneceu praticamente inalterado. Isso levou os cientistas e estudarem se existe uma forma de saber os interesses sexuais de um possível parceiro apenas olhando para ele.

Mulheres podem saber interesse de um homem em sexo casual apenas pelo rosto, diz estudo

Abertura para sexo casual

Foi então que 103 voluntários foram chamados e responderam a perguntas sobre sua abertura para o sexo casual. Dessa vez, todos foram fotografados. Essa última parte foi crucial, já que os rostos dos participantes foram exibidos para um grupo de 65 pessoas, que precisavam responder o que achavam do comportamento sexual das pessoas vistas nas imagens.

Os pesquisadores descobriram que as mulheres conseguem identificar com precisão a propensão de um homem para o sexo casual. Elas conseguiram dizer se um homem queria um relacionamento duradouro ou de apenas por uma noite.

Leia também!

No entanto, os homens não conseguiram ter a mesma precisão na identificação, o que mostra que essa característica é predominante no sexo feminino. Após as respostas, os cientistas encontraram padrões nos rostos das pessoas que buscavam apenas um relacionamento curto.

A conclusão diz que “aqueles que estavam mais abertos a sexual casual tinham espaços mais amplos entre os olhos e rostos mais amplos em geral, junto com narizes mais largos, maxilares mais fortes e lábios mais finos”. Essas características podem ainda estar ligadas com os níveis de testosterona.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!