A Rockley, fornecedora da Apple, desenvolveu uma pulseira inteligente capaz de medir, de forma não invasiva, o nível de açúcar no sangue dos usuários, teoricamente criando uma solução há muito buscada pela indústria médica.

O conceito deve entrar em fase de testes nos próximos meses, com a empresa esperando levar a tecnologia dessa pulseira inteligente à Apple para ser incorporada ao Apple Watch — embora ela própria reconheça que ainda falta um tempo até isso acontecer.

publicidade

Leia mais

Um fornecedor da Apple desenvolveu novo método que mede o açúcar no sangue de forma não invasiva.

Na foto, um coletor de sangue perfura a pele do paciente para avaliar nível de açúcar.
Atualmente, a melhor forma de avaliar o açúcar no sangue é perfurando a pele, mas a Rockley acredita ter criado algo menos invasivo. Imagem: Proxima Studio/Shutterstock

“O módulo sensorial da Rockley, bem como os designs de referência de seus produtos associados, integram hardware e uma aplicação em firmware para monitorar múltiplos biomarcadores, incluindo a temperatura central do corpo, pressão sanguínea, hidratação, álcool, lactase e tendências glicogênicas, entre outras”, diz trecho do anúncio.

“O sensor, de forma não invasiva, explora a camada inferior à pele para analisar o sangue, fluidos intersticiais e várias outras camadas da derme em busca de fenômenos físicos de interesse. Tais biomarcadores são, atualmente, mensuráveis apenas por equipamentos de grande porte”.

Produtos que promovem análises não invasivas do corpo — ou seja, que não precisam perfurar a pele para obter amostras — não são exatamente uma novidade. Na CES 2021, criações similares à pulseira da Rockley foram mostradas, em graus variados de sucesso.

Entretanto, sua precisão, do ponto de vista clínico, ainda é inferior se comparada a um equipamento padronizado pelos médicos, e elas raramente servem como um bom referencial de diagnóstico, por exemplo, para pessoas que sofrem de diabetes.

A pulseira inteligente da Rockley não explica o que faz — ou mesmo se faz — algo de diferente nesse aspecto, e para todos os efeitos, os testes próximos podem não dar resultado algum, Mas a sua posição como fornecedora da Apple lhe dá proximidade o suficiente para que a medição não invasiva de açúcar no sangue seja uma das próximas prioridades do Apple Watch.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!