Enquanto ‘O Esquadrão Suicida’ de James Gunn tem recebido reações positivas antes da estreia, David Ayer, diretor do primeiro filme da equipe de criminosos da DC Comics voltou a reclamar de uma suposta interferência da Warner Bros. em seu trabalho. “O corte do estúdio não é o meu filme”, escreveu o cineasta em um longo depoimento publicado no Twitter. Confira:

A publicação de Ayer foi uma resposta ao comentário do crítico de cinema Tim Gierson, que disse que, enquanto assistia ao novo ‘O Esquadrão Suicida’, pensou várias vezes que David Ayer deveria abandonar a ideia de uma versão do diretor do longa lançado em 2016. Isso porque, tentando seguir os passos de Zack Synder, que conseguiu mobilizar fãs para pressionar a Warner a lançar sua versão do diretor de ‘Liga da Justiça‘, Ayer reivindica tratamento igual para seu ‘Esquadrão Suicida’.

Imagem promocional mostra grupo de vilões reunidos
Insatisfeito com a versão lançada nos cinemas, diretor afirma que estúdio interferiu na sua visão para ‘Esquadrão Suicida’. Crédito: Warner Bros./Divulgação

No longo depoimento publicado no Twitter, o diretor começa falando sobre diversos problemas pessoais, como o fato de seu pai ter cometido suicídio quando David Ayer tinha 4 anos e também de ter passado por lares adotivos, além de ter comentado sobre sua passagem pela Marinha etc.

Leia também:

O cineasta afirma que colocou sua vida em ‘Esquadrão Suicida’. “Eu fiz algo impressionante. A minha versão é uma intrincada e emotiva jornada com algumas pessoas más que estão na merda e foram descartadas (um tema que ressoa com minha alma)”, afirmou.

Apesar dos esforços nos últimos tempos, Ayer recebeu negativas da Warner, que não sinalizou interesse em lançar uma nova versão do filme de 20016.

‘Esquadrão Suicida’ x ‘O Esquadrão Suicida’

Embora não exatamente ignore o filme de 2016, ‘O Esquadrão Suicida’ não é tratado como uma continuação. Tanto que o longa de James Gunn não recebe título de sequência e tem o mesmo nome do longa de Ayer, com a adição do artigo ‘o’ no nome.

O diretor de ‘Esquadrão Suicida’, de todo modo, não mostra ressentimento em relação a ‘O Esquadrão Suicida’. “Eu estou orgulhoso de Gunn e estou empolgado com o sucesso que está a caminho. Eu apoio a Warner Bros. e fico feliz que a franquia esteja caminhando com suas próprias pernas”, escreveu Ayer no fim do seu depoimento.

Confira o trailer do novo ‘O Esquadrão Suicida’, que estreia no dia 5 de agosto: