Anunciado ano passado, os Fleets nunca foram uma ferramenta muito utilizada no Twitter. Quem diz isso é a própria rede social, que marcou o encerramento do recurso para o próximo dia 3 de agosto (amanhã). No entanto, em seus últimos dias, os internautas estão se despedindo dos Fleets postando… nudes.

Primeiro é importante lembrar que os Fleets são, literalmente, uma versão dos Stories do Instagram para o Twitter, que por sua vez se inspirou no Snapchat, que durante um bom tempo ficou conhecido como uma plataforma usada, entre outras coisas, para a publicação de nudes, já que tudo o que é postado é destruído 24 horas depois.

publicidade

Fim dos Fleets do Twitter

O tempo se passou e hoje os Stories se tornaram a função mais usada do Instagram, não por causa de fotos nuas, e foram introduzidos (com cópias) em outras plataformas, inclusive o Twitter. Aparentemente, antes de chegar ao fim, os usuários resolveram se despedir em grande estilo dos Fleets relembrando os tempos do Snapchat e se aproveitando das postagens autodestrutivas.

O curioso é que os Fleets muito provavelmente vão bater o recorde de uso bem em seus últimos dias de funcionamento, já que até então a ferramenta era pouco aproveitada pelo público da rede social. Durante todo o último domingo (1º) e essa segunda-feira (2), o assunto dominou os trend topics da rede social.

Apesar disso, todo esse saudosismo tem uma data para chegar ao fim: amanhã, dia que o Twitter marcou como o encerramento dos Fleets. Mesmo com o salto de popularidade em seus últimos dias, é improvável que a empresa considere a possibilidade de reverter o fim o recurso. De qualquer forma, ficamos atentos a qualquer comentário da rede social sobre o assunto.

Leia mais:

“Esperávamos que o recurso pudesse tornar a experiência de compartilhar ideias e opiniões momentâneas mais confortável. Porém, desde que anunciamos o recurso globalmente, não tivemos um aumento no número de novas pessoas participando de conversas com Fleets da forma que esperávamos”, lamentou Ilya Brown, vice-presidente de produto da rede social, em comunicado no anúncio do fim, em julho.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!