Que a “guerra dos streamings” acontece pelo número de assinantes e, por consequência, o crescimento de audiência, você já sabe. Só que neste novo episódio, a Apple e a Netflix estão brigando por um nome de peso da indústria: Jennifer Lawrence. A atriz é a protagonista de um projeto cheio de expectativa, o filme biográfico de Sue Mengers, e as plataformas estão brigando pelo longa em questão. Para se ter uma ideia, os direitos pela obra – ainda sem título oficial – chegam a US$ 80 milhões, e há indícios de que o valor ainda poderá aumentar.

A disputa, obviamente, não é à toa: com uma uma estrela do nível de Lawrence (vencedora do Oscar de “Melhor Atriz” por ‘O Lado Bom da Vida’, em 2013) no papel principal, além de Paolo Sorrentino (‘O Jovem Papa’) na direção, a produção será uma presença praticamente garantida em uma eventual temporada de prêmios, especialmente pela temática que envolve o projeto.

publicidade
jennifer Lawrence
Briga por novo filme com Jennifer Lawrence já chega aos US$ 80 milhões; entenda. Imagem: Paris Filmes/Divulgação

Além de Lawrence e Sorrentino, a produção também envolve o trio Lauren Schuker Blum, Rebecca Angelo e John Logan – responsáveis por roteirizar o filme. A produção, mesmo confirmada, ainda não tem previsão de estreia, todavia a atriz poderá ser vista ainda este ano em ‘Don’t Look Up’, novo longa dirigido por Adam McKay para a Netflix com Leonardo DiCaprio e grande elenco.

Quem é Sue Mangers, a personagem de Jennifer Lawrence?

Sue Mangers (1932-2011) foi uma das mais reconhecidas – e considerada uma das maiores – agentes de talentos. O nome dela em seu ápice, nos anos 1970, era proclamado ao nível de celebridade. Na carreira, ela agenciou astros como Barbra Streisand, Ali MacGrawSteve McQueenRyan O’Neal, Candice BergenFaye DunawayGene HackmanPaul NewmanRobert RedfordPeter BogdanovichMichael CaineDyan CannonCherJoan CollinsBrian De PalmaBob FosseSidney Lumet, Mike NicholsTatum O’NealBurt ReynoldsCybill Shepherd, entre outros. 

Conhecida por sua personalidade forte, desbocada e poderosa, Mengers tinha muito trejeitos que faziam dela uma icônica personagem. Um episódio histórico que a deixou extremamente famosa foi em meio aos assassinatos da família Manson, quando a agente supostamente tranquilizou Streisand ao afirmar: “Não se preocupe, querida, estrelas não estão sendo assassinadas. Apenas jogadores em destaque”.

O filme não será a primeira vez que Mangers será retratada em uma obra biográfica. No teatro, a atriz e cantora Bette Midler interpretou a agente em uma peça na Broadway “I’ll Eat You Last: A Chat with Sue Mengers”, que também também foi escrito por Logan (assista acima um fragmento da montagem).

Leia mais:

Fonte: Variety

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!