A italiana Automobili Pininfarina mostrou seu hipercarro elétrico, o Battista, pelas estradas californianas na Monterrey Car Week deste ano. A máquina GT chega trazendo para o mercado de EVs a venerável tradição da empresa responsável pelos designs da Ferrari Testarossa e do Alfa Romeo Giulietta.

São 1.900 cavalos de potência em uma carroceria Black Exposed Signature Carbon, modelo personalizado de fibra de carbono exposta vindo da linha de montagem da empresa na comuna italiana de Cambiano. De acordo com a Pininfarina, o Battista alcança 0 a 100 Km/h em apenas dois segundos e possui uma velocidade máxima de aproximadamente 347 Km/h.

publicidade

Ópera da velocidade

A aerodinâmica do hipercarro permite, segundo as palavras da nota à imprensa divulgada pela Pininfarina, uma paisagem sonora com “frequência central de 54Hz, uma frequência orgânica que é um múltiplo de 432Hz, conhecida como Aida de Verdi, concebida pelo famoso compositor italiano Giuseppe Verdi.

(Você pode conhecer mais sobre esta magnífica obra musical aqui, sob a regência de Lorin Maazel e elenco composto por nomes como Luciano Pavarotti e Maria Chiara.)

Ainda de acordo com o que a empresa almeja entregar para os seus clientes, a frequência sonora aumentará “em múltiplos de 54Hz com novas camadas de som adicionadas à medida que a velocidade do veículo aumenta”. Além disso, a acústica responsiva “refletirá o desempenho puramente elétrico do Battista combinando tons de graves ricos para criar um som exclusivo”.

Pininfarina, não qualquer elétrico

Carro elétrico Battista
Divulgação/Pininfarina

O design, tanto por dentro quanto por fora, permanece o mesmo do protótipo pronto para produção revelado no ano passado. Segundo algumas impressões, o Battista não parece tão marcante quanto o Lotus Evija ou Rimac Nevera e, de certa forma, parece uma espécie maior do Lotus Elise de meados dos anos 2000.

O EV de luxo ainda conta com rodas de liga de alumínio forjadas. Já no interior, o motorista pode esperar bancos opcionais com acabamento em couro preto sustentável e estofamento acolchoado Iconica Blu Alcantara, com costura de contraste Iconica Blu. Aqui, complementado pelo Interior Jewellery Pack com acabamento em alumínio escovado anodizado em preto.

Leia também

Sua bateria de 120 kWh projetada pela equipe de Fórmula E da Rimac e da Tech Mahindra fornece 496 Km de alcance, com base no novo Procedimento de Teste de Veículos Leves Harmonizados Mundialmente da Europa (WLTP). No segmento cada vez mais competitivo dos hipercarros elétricos, o Battista da Pininfarina deverá concorrer com o Rimac Nevera e o Lotus Evija, que citamos acima.

Serão fabricados apenas 150 unidades do EV (5 deles em uma edição Anniversario, com um esquema de pintura em dois tons para celebrar os 90 anos da Pininfarina) e a empresa espera cumprir as entregas dos clientes ainda este ano, a um preço inicial de US$ 2,5 milhões. Em nossa moeda, seria algo perto de “modestos” R$ 13,14 milhões.

Via Tom’s Guide e Autocar