A Roblox Corporation, empresa por trás do serviço de jogos infantis populares com o mesmo nome, reiterou o compromisso em continuar melhorando os sistemas de moderação e monitoramento que possui para conteúdo impróprio. O posicionamento da empresa ocorre após relatos nas redes sociais de que alguns usuários estão recriando tiroteios em massa que ocorreram no mundo real dentro da plataforma.

A situação teve início após o diretor de estratégia e operações da organização não governamental Liga Antidifamação (ADL) publicar no Twitter que, regularmente, encontrava cenários de Roblox construídos tendo como base o tiroteio ocorrido na mesquita de Christchurch, na Nova Zelândia, em 2019.

publicidade

“Juro por Deus, gostaria de uma vez pesquisar por “Christchurch” no Roblox e não encontrar uma nova recriação do [atentado à] mesquita de Christchurch de 2019 em uma plataforma de jogo voltada para crianças muito pequenas”, afirmou Daniel J Kelley.

Em declarações ao site The Verge, a Roblox Corporation enfatizou que possui sistemas para bloquear esse tipo de conteúdo impróprio e está continuamente trabalhando para melhorá-los. “Nós imediatamente removemos esta experiência do serviço depois que a mesma foi informada e suspendemos o usuário responsável por violar nossas Regras da Comunidade”, afirmou a empresa.

“Não toleramos racismo, discurso discriminatório ou conteúdo relacionado a eventos trágicos. Temos um sistema de segurança e monitoramento rigoroso que está continuamente ativo e que aplicamos proativamente, da forma mais rigorosa possível”, continuou.

O porta-voz da companhia ainda acrescentou que as recriações do tiroteio em Christchurch são particularmente difíceis de bloquear, pois uma busca automática de texto bloquearia todas as referências à própria cidade. “Neste caso, nossa detecção proativa inclui revisão humana para equilibrar, permitindo referências à localização geográfica, mas não a conteúdos que violem nossas políticas”, acrescentou.

Roblox, empresa por trás de jogos infantis populares, enfatiza tolerância zero para racismo, discriminação e conteúdo relacionado a eventos trágicos. Imagem: Reprodução/Roblox

A verdade é que Roblox enfrenta muitos desafios do tipo há anos. É um desafio, visto que moderar um público de 43,2 milhões de usuários ativos por dia – todos com a capacidade de criar esse tipo de conteúdo – é algo que requer um trabalho, artificial ou não, extremamente minucioso.

Conforme a empresa, dados financeiros recentes revelaram ainda um forte crescimento no número de usuários ativos com mais de 13 anos, um grupo demográfico mais propenso a criar e se envolver com experiências de atirador construídas dentro da plataforma.

No início de 2021, a Roblox também foi criticada pelo grupo de vigilância de pais ParentsTogether sobre o modelo de monetização e como isso torna as crianças suscetíveis a gastos excessivos – entenda mais como funciona a plataforma aqui.

Leia mais:

Fonte: gamesindustry.biz

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!