“Big John”, nome atribuído ao maior fóssil de triceratopsencontrado por paleontologistas, irá a leilão em 21 de outubro de 2021, conforme anúncio da casa de leilões Giquello. A empresa deve fazer uma exibição pública do esqueleto a partir da próxima quinta-feira (2).

O fóssil mede aproximadamente oito metros da ponta da cauda até os chifres da cabeça, e conta com aproximadamente 60% dos seus ossos montados. Só a cabeça tem espessura de quase dois metros, e os três chifres – dois na testa e um no nariz – estão proeminentes. Estimativas feitas em radiocarbono (ou “isótopo carbono-14”, para os técnicos) posicionam a idade do animal em torno de 66 milhões de anos.

publicidade

Leia também

Imagem mostra o esqueleto de "Big John", o maior fóssil de triceratops que já encontramos. Animal vai à venda a partir de outubro
Big John, o maior fóssil de triceratops já encontrado, vai a leilão para colecionadores. Imagem: Giquello/Divulgação

Leilões de fósseis de dinossauros têm atraído um público considerável, com alto volume de interesse por parte de colecionadores: em outubro de 2020, um raro fóssil de um alossauro foi vendido por € 3 milhões (R$ 18,25 milhões). Algumas semanas antes, tivemos o recorde uma venda do tipo – um tiranossauro foi vendido em Nova York por US$ 31,8 milhões (R$ 163,79 milhões).

De acordo com Alexandre Giquello, que está vendendo o maior fóssil de triceratops já montado, a expectativa é que o leilão atual renda algo entre € 1,2 milhão (R$ 7,30 milhões) e € 1,5 milhão (R$ 9,13 milhões). “O dinossauro já vem acompanhado de uma licença de exportação para o caso do comprador ser estrangeiro”. O especialista afirma que já há “dezenas” de interessados.

Originalmente, Big John foi descoberto em 2014, no estado norte-americano da Dakota do Sul, pelo geólogo Walter W. Stein Bill. Seus ossos foram enviados a Trieste, na Itália, onde foram restaurados e montados para exibição.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!