Através de seu boletim epidemiológico semanal, a Organização Mundial da Saúde (OMS) fez um alerta para uma das variantes da Covid-19 encontrada inicialmente na Colômbia, em janeiro de 2021. Isso porque a variante B.1.621 foi batizada de Mu e classificada como variante de interesse.

O termo utilizado para designar tipos do vírus que devem ser monitorados por autoridades de saúde, com análise sobre risco para a saúde pública. “A variante Mu tem uma constelação de mutações que indicam propriedades potenciais de escape imunológico”, diz o documento.

publicidade

De acordo com a OMS, os “dados preliminares apresentados ao Grupo de Trabalho sobre Evolução do Vírus mostram uma redução na capacidade de neutralização dos pacientes similar à registrada na variante Beta, mas isso ainda precisa ser confirmado por novos estudos.”

Leia mais:

Desde o primeiro registro da variante, em janeiro deste ano, foram notificados casos esporádicos na Colômbia, com notícias de contaminações em outros países da América do Sul e da Europa. Em agosto, foram informados casos por 39 países. Na Colômbia e no Equador, a incidência da variante cresceu, chegando, respectivamente, a 39% e 13%.

Fonte: Agência Brasil

Primeira morte pela variante Delta é registrada em São Paulo

O Estado de São Paulo divulgou nesta terça-feira (31) que registrou a primeira morte pela variante Delta da Covid-19. A vítima é uma mulher de 74 anos, que já havia sido vacinada e tinha comorbidade.

A informação foi dada pela secretaria municipal da Saúde de Piracicaba, no interior do estado e confirmada pelo secretário estadual da Saúde de São Paulo, Jean Gorinchteyn, em entrevista para a GloboNews.

A variante Delta é atualmente vista com grande preocupação no mundo e foi responsável por um aumento de casos nos Estados Unidos e em países da Europa. A cepa é considerada muito mais transmissível que a versão original e consegue circular entre pessoas vacinadas, o que ajuda na alta taxa de contaminação.

Para saber mais, acesse a reportagem completa no Olhar Digital.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!