Você já parou para pensar como seria sua adolescência se ela tivesse sido dirigida, escrita ou produzida por John Hughes? Não? Como assim? O cineasta, falecido em 2009, foi responsável por vários dos melhores título adolescentes do cinema nos anos 1980 e 1990. Além dele, outros conseguiram levar às telas filmes teens, clichês na época, mas que hoje são considerados clássicos e até cults.

A maioria dos longas se tornaram também conhecidos pelo público brasileiro, que acabou sonhando com armários na escola ou até mesmo a abolição dos uniformes, através da Sessão da Tarde, na Globo, ou do Cinema em Casa, no SBT. E quando a nostalgia aperta (ou a curiosidade, no caso de quem não era nascido na época), nada como rever os melhores filmes adolescentes daquelas agora longínquas décadas.

publicidade

Leia mais:

Pensando nisso, o Olhar Digital listou os melhores na minha opinião filmes adolescentes dos anos 1980 e 1990. Mas, mais importante do que isso, vamos ajudar a encontrá-los entre tantas plataformas de streaming disponíveis. Pois podemos até ser cringe, mas nunca desatualizados! Ah, e a ordem dos longas é do mais antigo ao mais novo, já que é meio difícil decidir um ranking definitivo.

Infelizmente títulos incríveis como ‘Namorada de Aluguel’ (1987), ‘Digam o Que Quiserem’ (1989) e ‘Ela é Demais’ (1999) não estão em nenhum streaming atualmente.

Footloose (1984)

Footloose
Vamos dançar? Imagem: Paramount/Reprodução

Conhecido também como ‘Ritmo Louco’, o filme alçou Kevin Bacon ao estrelato. O longa, que também teve no elenco Sarah Jessica Parker, conta a história de Ren McCormick, um garoto de Chicago que se muda para uma cidadezinha no interior em que a dança é proibida. ‘Footloose’ está disponível no serviço de streaming do Telecine.

Gatinhas e Gatões (1984)

Gatinhas e Gatões
Molly Ringwald como protagonista relembrando que são mesmo os anos 1980. Imagem: Universal/Reprodução

A musa teen dos anos 1980 Molly Ringwald estrela o filme de John Hughes junto a Anthony Michael Hall, outro ator de peso nos clichês adolescentes da época, e Michael Schoeffling, que deixou a atuação poucos anos depois. Chamado em inglês de ‘Sixteen Candles’, a história mostra justamente o aniversário de 16 anos de Sam Baker. Ele pode ser alugado por R$ 9,90 no YouTube.

Clube dos Cinco (1985)

Clube dos Cinco
Outra vez Molly Ringwald, só para lembrar como ela é perfeita. Imagem: Universal/Reprodução

Mais um título de John Hughes com Molly Ringwald e Anthony Michael Hall. Esse é talvez o maior clássico adolescente dos anos 1980. ‘Breakfast Club’, nome original, chegou inclusive a voltar aos cinemas em exibição especial 30 anos depois do lançamento. O filme já esteve no catálogo da Netflix, mas atualmente está disponível para aluguel no YouTube, também por R$ 9.90.

Curtindo a Vida Adoidado (1986)

Curtindo a Vida Adoidado
“Twist and shout!” Imagem: Paramount/Reprodução

A nostalgia Sessão da Tarde bate pesado neste aqui. ‘Ferris Bueller’s Day Off’ também faz parte do acervo de John Hughes. Quem não lembra da cena em que Ferris, interpretado por Matthew Broderick (que chegou a ser indicado ao Globo de Ouro pela performance), canta Beatles em um desfile no meio da rua? O longa está disponível no streaming do Telecine.

A Garota de Rosa Shocking (1986)

A Garota de Rosa Shocking
Uma terceira vez de Molly Ringwald, só para não perder o costume. Imagem: Paramount/Reprodução

Juro que não é de propósito, mas é que John Hughes realmente é o rei dos filmes adolescentes dos anos 1980 e trabalhou em títulos clichês consecutivos. Em ‘Pretty in Pink’, o cineasta ficou responsável pelo roteiro (e ele não gostou muito de como o final foi colocado nas telonas) e mais uma vez teve sua musa Molly Ringwald no papel principal. Apesar de ser mais voltado ao público teen, o filme também aborda temas sérios, como desemprego, alcoolismo e as diferenças sociais nos Estados Unidos. E tem o sorriso de Andy McCarthy e o jovem Jon Cryer. Pode ser assistido no Telecine.

Alguém Muito Especial (1987)

Alguém Muito Especial
Outro jeito de ver o filme anterior. Imagem: Paramount/Reprodução

Produzido e dirigido por ele. Ele mesmo. John Hughes. Por causa de sua insatisfação com o final de ‘A Garota de Rosa Shocking’, o cineasta decidiu recontar a história, mudando apenas o gênero dos protagonistas, e terminar o filme do seu jeito. Além disso, ‘Some Kind of Wonderful’ tem Eric Stoltz (quer seria Marty McFly em ‘De Volta para o Futuro’, mas foi substituído por Michael J. Fox), Lea Thompson (sim, Lorraine, a mãe de Marty) e Mary Stuart Masterson no elenco. O filme está disponível no Telecine.

Dirty Dance: Ritmo Quente (1987)

Dirty Dancing
Sério, vamos dançar! Imagem: Reprodução

Se você começou a dançar enquanto lia essa lista, há um motivo. Patrick Swayze como Johnny e Jennifer Grey como Baby em ‘Dirty Dancing’. O saudoso ator e dançarino interpretou um instrutor de dança, alvo da paixão da jovem protagonista, em um resort durante as férias. Uma história baseada na adolescência da roteirista Eleanor Bergstein. O filme está disponível na Netflix.

Essas Garotas (1988)

Essas Garotas
Já reparou no jovem Patrick Dempsey? Imagem: MGM/Reprodução

Se não dá para ver o jovem Patrick Dempsey em ‘Namorada de Aluguel’ pelo streaming, pelo menos é possível vê-lo como Michael em ‘Essas Garotas’, junto a Jennifer Connelly, vencedora do Oscar de melhor atriz coadjuvante em ‘Uma Mente Brilhante’ (2001). O filme pode ser assistido na plataforma Amazon Prime Video.

As Patricinhas de Beverly Hills (1995)

As Patricinhas de Beverly Hills
Um trio de amizade dos sonhos de qualquer adolescente daquela época. Imagem: Paramount/Reprodução

Uma comédia romântica baseada no livro ‘Emma’, de Jane Austin, ‘As Patricinhas de Beverly Hills’ é talvez o maior ícone adolescente dos anos 1990. Alicia Silverstone, Paul Rudd, a saudosa Brittany Murphy, Stacey Dash e Donald Faison entregam tudo nesse clássico da Sessão da Tarde. Quem nunca quis usar os looks de Cher Horowitz? Sério, deve ter coisa que com certeza voltou à moda! O HBO Max tem o longa no catálogo.

Da Magia à Sedução (1998)

Da Magia à Sedução
Bullock e Kidman, nada pode ser melhor do que isso! Imagem: WarnerBros/Reprodução

Sandra Bullock e Nicole Kidman. Precisa dizer mais? O filme das duas irmãs, Sally e Gillian, descendentes de bruxas é outro baseado em um livro (mas não tão antigo assim como da senhorita Austin), escrito por Alice Hoffman. Ah, o longa ainda tem Camilla Belle, atriz americana filha de uma brasileira, como a jovem Sally. Ele também está disponível no HBO Max.

Nunca fui beijada (1999)

Nunca fui beijada
Drew Barrymore em toda sua perfeição. Imagem: Fox/Reprodução

Uma jornalista de 25 anos que volta ao ensino médio, seria um pesadelo? Não, é só o começo de ‘Nunca fui Beijada’, o filme de todas que foram o patinho feio na época da escola e se tornaram incríveis na vida adulta. Drew Barrymore protagoniza mais um dos melhores clichês adolescentes daquela década como Josie Geller. Sem falar nas cenas divertidíssimas de David Arquette como Rob, o irmão de Josie. Com a Fox comprada pela Disney, o filme da 20th Century está disponível no streaming do Mickey, o Disney+.

10 Coisas que eu odeio em você (1999)

10 Coisas que eu odeio em você
Esse é para ver até decorar as falas. Imagem: Disney/Reprodução

Para fechar a lista com chave de ouro, outra adaptação de um clássico. Sim, ’10 Coisas Que Eu Odeio Em Você’ é uma releitura de ‘A Megera Domada’, de William Shakespeare. “Já fez alguém chorar hoje?”, perguntou Walter Stratford, interpretado por Larry Miller, o pai da protagonista Kat, papel de Julia Stiles. “Não, mas são só quatro e meia”, disse a megera. O filme tem diversos diálogos extremamente atuais, mesmo já com mais de 20 anos, além de divertir com louvor. Ah, e tente segurar as lágrimas quando Heath Ledger aparecer com aquele sorriso lindo como Patrick Verona. O filme está disponível no Disney+.

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!