Nesta quinta-feira (16), autoridades espanholas anunciaram que o nível de alerta de erupção do vulcão Cumbre Vieja, localizado na ilha de La Palma, do arquipélago espanhol das Canárias, está em amarelo. Segundo pesquisadores, o vulcão poderia provocar um tsunami capaz de atingir todas as Américas.

De acordo com o portal MetSul, o maior impacto seria sobre os litorais das regiões Norte e Nordeste do Brasil. 

publicidade

Adormecido há décadas, o vulcão começou a dar indícios de atividade moderada no sábado (11). “Ele não estava dando sinais de erupção, mas agora ele chegou a um segundo nível. São quatro níveis de alerta. Ele pode vir a ter uma erupção, mas não significa que essa erupção vai gerar um tsunami, mas é uma possibilidade, mesmo que mínima”, explicou o pesquisador do Instituto de Ciências do Mar da UFC (Universidade Federal do Ceará), Carlos Teixeira, em entrevista ao UOL.

Segundo o Instituto Nacional Geográfico da Espanha (IGN-ES), que está divulgando informações em tempo real sobre o Cumbre Vieja em seu site, “a atividade sísmica do vulcão continua a migrar ligeiramente para o noroeste, em profundidades de cerca de 8 km, com 50 terremotos rasos entre 1 e 5 km também sendo registrados”. A instituição afirma que a deformação máxima acumulada atinge cerca de 10 cm.

Leia mais:

“A partir das 9h30 UTC [6h30 pelo horário de Brasília] de hoje, foram detectados 4.530 terremotos na zona sul da ilha de La Palma, dos qual foram localizados um total de 1023. A atividade continua a migrar ligeiramente na direção noroeste. Desde as 00h11 UTC do dia 15 [21h11 do dia 14, pelo fuso de Brasília], 50 terremotos foram localizados em profundidades entre 1 e 5 km. A energia acumulada até agora é de 2,8 × 10 11 Joules”, diz o alerta mais recente do IGN-ES.

Vulcão Cumbre Vieja, localizado na ilha de La Palma, Espanha, pode entrar em erupção. Tsunami capaz de atingir as Américas pode ser uma das consequências. Imagem: Masi Perez – Shutterstock

Erupção explosiva causaria tsunami; magnitude ainda é desconhecida

Teixeira afirma que a hipótese de que um tsunami poderia ser causado pela erupção do Cumbre Vieja já foi confirmada por variadas pesquisas. “Existem diversos estudos já publicados sobre essa possibilidade de tsunami. É uma hipótese real, e ela aconteceria caso houvesse uma erupção explosiva”, conta Carlos Teixeira. 

Segundo pesquisa realizada pelo geólogo do Departamento de Geologia da Universidade Federal do Paraná (UFPR), Mauro Gustavo Resse Filho, a Ilha de La Palma fica a 4.462 km de São Luís do Maranhão. “Estima-se que a próxima erupção poderá desestabilizar a encosta da ilha devido a fatores como declividade do vulcão, volume de material mobilizado, fatores climáticos e principalmente, a uma zona de fraqueza existente que facilitará a ocorrência do movimento de massa”.

No entanto, para Teixeira, não há motivo para preocupação no momento. “Se essa possibilidade de erupção ocorrer, não significa que vai ser explosiva; se for, não quer dizer que vai chegar aqui com ondas de oito, dez metros; pode chegar aqui bem menor”, explica.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!