A montadora chinesa BYD (Build Your Destiny) pode estar antecipando a chegada do seu SUV elétrico Tang, previsto para estreia no Brasil em 2022. O veículo, da mesma fabricante do primeiro ônibus biarticulado elétrico brasileiro, foi flagrado na carroceria de uma carreta transportadora e pode estar chegando às fábricas nos próximos dias.

O flagra, descoberto inicialmente por Tiago Kfouri, do canal Machinna, mostra que os primeiros carros já estão no Brasil, muito embora a montadora nem sequer tenha anunciado publicamente.

publicidade
Até então, SUV elétrico chinês só havia sido encontrado na Noruega. (Imagem: Tiago Kfouri/Macchina/Primeira Marcha)

Até o momento, o SUV só havia sido comercializado para o exterior na Noruega, vendendo 100 unidades em junho, e com entrega de 1500 unidades até 2022 no país.

Sete lugares e 516 cv de potência

O utilitário esportivo flagrado possui 7 lugares e alta capacidade de bateria, 86,4 kWh, com alto aproveitamento graças a uma exclusiva tecnologia de células em forma de lâmina. A autonomia estimada é de 505 km de rodagem com carga completa.

O SUV possui dois motores que totalizam 516 cv de potência — 6 cv a mais do que o Mercedes-AMG C 63, para fins de comparação. O Tang promete chegar de 0 a 100 km/h em 4,6 segundos.

Interior do BYD Tang
Painel central do BYD Tang possui quase 16 polegadas e modo giratório em 90°. (Imagem: Divulgação/BYD)

Na parte interna, o veículo conta com luz ambiente e um painel digital de instrumentos de bordo com 12,8 polegadas. No centro do painel está uma central multimídia de 15,8 polegadas, com tela giratória em 90 graus, alternando entre modo paisagem ou retrato. Até agora, o sistema interno não é compatível com Android Auto ou Apple CarPlay.

BYD pode estar se preparando para mercado doméstico em 2022

sedã HAN em estrada ensolarada
Sedã BYD Han é outro lançamento da montadora chinesa previsto para o Brasil em 2022 (Imagem: Divulgação/BYD)

Conhecida por sua atuação no segmento de caminhões e empilhadeiras elétricas, o futuro lançamento flagrado é a segunda tentativa da BYD de adentrar o mercado brasileiro. A fabricante tentou sua inauguração no país em 2018, com os sedã e hatch elétricos e5 e e6, respectivamente.

Na época, a empresa não teve muito sucesso. A montadora vendeu cerca de 1500 automóveis pelo Brasil através de um esquema de negociação direta para pessoas jurídicas, o que permitia uma oferta abaixo do mercado.

Agora, com a alta dos elétricos e um redirecionamento ao mercado doméstico, é esperar para ver se a fabricante não irá esbarrar em questões legais com sua tática de comercialização. De qualquer forma, a BYD fará sua estreia no Brasil com dois veículos: o já mencionado Tang e o sedã Han.

Via Quatro Rodas

Imagem: Divulgação/BYD

Leia mais:

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!