EnglishPortugueseSpanish

No caminho para a redução de emissões de carbono, o primeiro ônibus articulado elétrico do Brasil foi lançado na última terça-feira (9). O veículo leve sobre pneus (VLP) vai integrar o transporte público de São José dos Campos, em São Paulo. Os componentes eletrônicos são produzidos pela BYD e a apresentação foi realizada no Parque Tecnológico da cidade.

Até o final deste mês de março, o ônibus ficará exposto apenas para a visitação. Os 12 veículos destinados ao transporte de passageiros serão entregues até outubro deste ano e vão integrar a Linha Verde da cidade, um corredor exclusivo para o coletivo não poluente. Eles foram produzidos pela BYD na fábrica em Campinas.

publicidade

“As prefeituras estão compreendendo a relevância e a necessidade real de substituir os veículos convencionais por modelos não poluentes. Investir em veículos elétricos melhora a qualidade do ar das cidades, impactando diretamente na saúde da população”, disse o diretor institucional e chefe da unidade de ônibus da BYD Brasil, Marcello Von Schneider.

Leia mais:

Ônibus articulado elétrico da BYD em em São José dos Campos (SP). Imagem: BYD/Divulgação

Os ônibus elétricos que vão entrar em circulação em São José dos Campos são do modelo Attivi Express, com propulsão 100% elétrica. Além de não poluente, os coletivos não emitem ruídos. Os veículos são desenvolvidos em parceria com a Marcopolo.

A BYD promete ainda mais economia, menor custo de manutenção e bom desempenho. Os ônibus têm 22 metros de comprimento e baterias de fosfato ferro lítio (LifePO4), que dão uma autonomia de 250 quilômetros, com uma carga completa de três horas.

Os coletivos transportam 168 passageiros e têm espaços reservados para cadeirantes. As poltronas são estofadas com apoio de cabeça e cada assento tem uma entrada USB. No lugar dos retrovisores, os ônibus têm câmeras de alta definição, reduzindo pontos cegos. Além disso, as portas são equipadas com um dispositivo antiesmagamento, evitando que fechem com pessoas próximas.