O novo índice do Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia) apontou quais os carros mais econômicos do Brasil. A tabela, que avalia a relação autonomia e custo dos automóveis, possui quase mil modelos de 35 marcas presentes no nosso mercado atual — incluindo 22 elétricos e 78 híbridos.

O índice, criado em 2008 e operado inicialmente de forma voluntária, tinha participação de apenas cinco montadoras. Hoje, o Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular (PBE) é padrão na indústria, informando ao consumidor a autonomia e eficiência energética dos automóveis.

publicidade

O PBE avalia o consumo energético necessário para cada um dos veículos testados se moverem, estimando os valores em km/l (quilômetros por litro) e em MJ/km (megajoules por quilômetro). O placar é avaliado em condições padronizadas de rodagem, em notas que vão de “A” até o “E”, do mais ao menos eficiente.

Veículos mais econômicos do Brasil fazem mais de 15 km/l na estrada

A lista completa ainda não está disponível, mas informações do UOL conseguem apontar os cinco carros mais econômicos do Brasil, segundo o índice. Quando havia mais de um disponível com o mesmo consumo, os indicadores foram construídos a partir do preço da versão mais barata de cada modelo.

Segundo a tabela, todos os cinco possuem motores à combustão flex, com o de menor eficiência apresentando consumo médio maior que 15 km/l, abastecido com gasolina e rodando na estrada. Todos os modelos também apresentam apenas câmbio manual e se classificaram com nota B.

1. Chevrolet Onix Plus LT

carro estacionado próximo a prédio
(Imagem: Divulgação/Chevrolet)

Motor 1.0 flex de 82 cv e câmbio manual de 6 marchas
Preço: R$ 73.090

Nota B

  • Consumo energético: 1,34 MJ/km
  • Consumo cidade (etanol): 10,1 km/l
  • Consumo estrada (etanol): 12,5 km/l
  • Consumo cidade (gasolina): 14,3 km/l
  • Consumo estrada (gasolina): 17,7 km/l

2. Renault Kwid Life

carro em prédio de estacionamento
(Imagem: Divulgação/Renault)

Motor 1.0 flex de 70 cv e câmbio manual de 5 marchas
Preço: R$ 48.290

Nota B

  • Consumo energético: 1,39 MJ/km
  • Consumo cidade (etanol): 10,3 km/l
  • Consumo estrada (etanol): 10,8 km/l
  • Consumo cidade (gasolina): 14,9 km/l
  • Consumo estrada (gasolina): 15,6 km/l

3. Chevrolet Onix 1.0

Carros mais econômicos: Onix 2021
Onix 2021 (Imagem: Divulgação/Chevrolet)

Motor 1.0 flex de 82 cv e câmbio manual de 6 marchas
Preço: R$ 67.090

Nota B

  • Consumo energético: 1,40 MJ/km
  • Consumo cidade (etanol): 9,9 km/l
  • Consumo estrada (etanol): 11,7 km/l
  • Consumo cidade (gasolina): 13,9 km/l
  • Consumo estrada (gasolina): 16,7 km/l

4. Hyundai HB20S Platinum Manual

traseira do hyundai
(Imagem: Divulgação/Hyundai)

Motor 1.0 turbo flex de 120 cv e câmbio manual de 6 marchas
Preço: R$ 86.090

Nota B

  • Consumo energético: 1,43 MJ/km
  • Consumo cidade (etanol): 9,8 km/l
  • Consumo estrada (etanol): 11,6 km/l
  • Consumo cidade (gasolina): 13,6 km/l
  • Consumo estrada (gasolina): 16 km/l

5. Fiat Moby Easy

traseira do carro estacionado na rua
(Imagem: Divulgação/Fiat)

Motor 1.0 flex de 75 cv e câmbio manual de 5 marchas
Preço: R$ 49.532

Nota B

  • Consumo energético: 1,47 MJ/km
  • Consumo cidade (etanol): 9,7 km/l
  • Consumo estrada (etanol): 10,7 km/l
  • Consumo cidade (gasolina): 13,7 km/l
  • Consumo estrada (gasolina): 15,3 km/l

Imagem: Divulgação/Chevrolet

Leia mais:

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!