A pandemia da Covid-19 reduziu o número de exames preventivos de diversas outras doenças, incluindo o câncer de mama. No caso desse, essa queda foi de quase 70% das mamografias. Com a chegada do Outubro Rosa e o aumento da conscientização sobre o tema, a expectativa é que os números comecem a voltar para patamares anteriores.

A diminuição desses exames pode levar a um aumento no número de casos graves de câncer de mama, uma vez que a descoberta precoce é um dos fatores determinantes para um tratamento bem-sucedido da doença. Uma pesquisa feita pelo IBOPE revelou que 73% das mulheres com mais de 60 anos disseram que iriam aguardar o fim da pandemia para realização do exame.

publicidade

“Existem hoje dois cenários, um antes da pandemia, que estava indo muito bem, com um aumento do número de pacientes descobrindo o câncer de mama no começo da doença. Mas há também um cenário após o começo da pandemia, em que as mulheres passaram a ter medo de vir fazer o exame”, comenta a Dra. Vivian Milani, médica radiologista da FIDI, em entrevista recente. para o Olhar Digital.

Importância da mamografia preventiva

A especialista ainda ressalta que nas últimas décadas houve mais informação sobre o câncer de mama circulando na mídia e as mulheres começaram a procurar mais fazer o exame. “Pelas mídias sociais as mulheres começaram a fazer o autoexame e a mamografia. Tinham várias campanhas, não só o outubro rosa, a gente estava vindo de um cenário bom”, explicou.

publicidade

Leia também:

A médica ainda fala que atualmente estão sendo detectados mais tumores avançados. “Hoje estamos com mulheres chegando com módulos mais avançados de câncer de mama”, disse. Ainda segundo a Dra. Milani, é importante o exame pois nem todos os nódulos são cancerígenos e a mamografia é o primeiro passo para detectar isso.

publicidade

“Muitas vezes a mamografia detecta nódulos muito pequenininhos, que no autoexame é impossível encontrar, por isso é tão importante (…) e os hospitais estão preparados com toda a segurança para atender as pacientes dentro do protocolo contra Covid-19”, finaliza.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no nosso canal!