A startup de entregas de supermercado Favo anunciou nesta quarta-feira (6) que recebeu um novo aporte financeiro de R$ 141 milhões. O investimento, liderado pela empresa americana Tiger Global, contou com a participação de nomes importantes como David Vélez, fundador e presidente do banco digital Nubank.

Um dos objetivos da companhia é usar parte dessa quantia para investir no setor de logística e conquistar novos territórios.

publicidade

Alejandro Ponce, fundador da Favo, avalia que a nova captação vai permitir que a companhia siga investindo “em tecnologia e no aprimoramento” do seu ecossistema de logística para atender os clientes “sem abrir mão da qualidade de atendimento”.

“A Favo tem fortalecido comunidades tanto no Brasil como no Peru, mudando a forma como as pessoas fazem compras de supermercado, além de gerar renda para quem precisa. E tudo isso tem sido possível graças à tecnologia, que simplifica a cadeia de suprimentos e conecta empreendedores aos seus clientes”, avalia o executivo.

publicidade

Por ora, a meta da empresa, que opera no Brasil e Peru, é expandir a oferta do serviço também para o interior de São Paulo.

Leia mais:

publicidade

Como funciona a Favo?

Carrinho de supermercado cheio de caixas ao lado de um notebook ilustrando o conceito de e-commerce
Favo oferece uma plataforma de e-commerce para supermercados. Imagem: Kriang kan/Shutterstock

A plataforma da Favo, que espera “democratizar a maneira como as pessoas fazem compras de mercado na América Latina”, funciona basicamente como um supermercado virtual.

Alguns chamativos do aplicativo são: a entrega de produtos no dia seguinte e o acompanhamento de um profissional da empresa via WhatsApp após a compra.

publicidade

Para se destacar entre outras concorrentes de peso no Brasil, como a Rappi e o iFood, por exemplo, a Favo aposta em um atendimento diferenciado, mais próximo e individualizado com o consumidor.

Ainda para 2021, a plataforma deve começar a operar também em Campinas (SP). Por fim, a startup revela que já atendeu mais de 700 mil pedidos e oferece cerca de 2,5 mil produtos em seu catálogo.

Créditos da imagem principal: NicoElNino/Shutterstock

Fonte: Estadão

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!