Usuários estão reclamando de instabilidade no aplicativo Instagram na tarde desta sexta-feira (8). No Twitter, os relatos dão conta de problemas na hora de carregar stories e postagens. Nos testes feitos pelo Olhar Digital, ocorreram erros também na hora enviar mensagens.

Segundo o site DownDetector, que monitora erros em serviços online, a instabilidade no Instagram começou por volta das 15h30 (horário de Brasília). Mais de 1.500 reclamações foram registradas durante o pico.

publicidade

O problema acontece na mesma semana em que uma queda geral tirou do ar os serviços do Facebook, incluindo o WhatsApp e o Instagram. Na ocasião, na última segunda-feira (4), as plataformas passaram mais de 6 horas sem funcionar no mundo inteiro e a causa foi um erro na configuração de roteadores.

“Nossas equipes de engenharia aprenderam que as alterações de configuração nos roteadores de backbone que coordenam o tráfego de rede entre nossos data centers causaram problemas que interromperam a comunicação. Essa interrupção no tráfego de rede teve um efeito cascata na maneira como nossos data centers se comunicam, interrompendo nossos serviços”, disse a empresa na ocasião.

No Twitter, muitos usuários ficaram preocupados de ser novamente um apagão. No entanto, dessa vez apenas o Instagram parece estar sofrendo com a instabilidade. A empresa ainda não se posicionou.

Queda geral na última segunda-feira

A interrupção começou por volta das 11h40 da última segunda-feira e gerou problemas para a plataforma em todo o mundo. Essa queda foi considerada a pior interrupção do Facebook desde 2019, quando a rede social ficou fora do ar por mais de 24 horas. 

O CEO da marca, Mark Zuckerberg, postou um pedido de desculpas. “Desculpe pela interrupção de hoje – eu sei o quanto você confia em nossos serviços para se manter conectado com as pessoas de quem você gosta”, escreveu. 

A queda do Facebook ocorreu um dia depois da denunciante Frances Haugen testemunhar no Congresso sobre as suas experiências na empresa. Nessa ocasião, Haugen, uma ex-gerente de produto da empresa de Zuckerberg, forneceu uma coleção de documentos internos da plataforma para os repórteres do Wall Street Journal. 

Leia também:

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!