O Pixel 6, junto de seu irmão 6 Pro, deve receber atualizações do Android por cinco anos seguidos. A informação vem diretamente de um varejista britânico, que parece ter liberado muitos dados dos aparelhos alguns dias antes do lançamento oficial da dupla, marcado para a próxima semana.

O mundo do Android sempre viveu dentro de uma fragmentação do sistema operacional, que dificulta muito o trabalho de atualização do sistema operacional. Algumas empresas estão melhorando este cenário, como a Samsung que já prometeu quatro anos de updates para correções de segurança, mas agora também entrega 12 meses extras para alguns de seus aparelhos voltados para o público corporativo.

publicidade

Leia também

Pixel 6 (Imagem: reprodução/Carphone Warehouse)
Pixel 6 (Imagem: reprodução/Carphone Warehouse)

A Xiaomi também resolveu fazer parte deste grupo que demonstra preocupação com a longevidade de seus celulares e colocou quatro anos para correções de segurança, junto de três para atualizações de todo o sistema operacional. Agora, o Google aparenta ter interesse em acompanhar essa tendência, levando mais tempo para entregar novos recursos para os Pixel 6 e 6 Pro.

Este dado vem diretamente do site da Carphone Warehouse, uma empresa varejista do Reino Unido. Ela acabou liberando essa informação em uma página dedicada para os novos recursos dos Pixel 6 e 6 Pro. Lá a loja diz que estes aparelhos receberão atualizações de segurança por ao menos cinco anos seguidos, mantendo os smartphones seguros e com correções até 2026.

Este novo prazo é um ano maior que o prometido para o Pixel 5, por exemplo. No smartphone já disponível no mercado internacional, o Google garante atualizações de sistema operacional e para correções de segurança por quatro anos, enquanto para o Pixel 4 a promessa era de três anos.

Mais detalhes do Pixel 6 também vazaram

Além de um espaço dedicado para tratar de atualizações de software, o site da rede varejista também reforçou bastante os avanços para as capacidades de fotografia dos novos Pixel 6.

A principal vantagem, ao menos para o Pixel 6 Pro, está no tamanho físico do sensor. O site afirma que essa alteração sozinha já entrega 150% luz, quando comparado ao Pixel 5. O componente principal faz imagens de 50 megapixels, junto de outro (menor) com 12 megapixels e mais um para zoom óptico de quatro vezes, com 48 megapixels.

Em ambos os aparelhos o usuário poderá utilizar uma ferramenta nativa do sistema operacional para remover pessoas indesejadas nas fotos.

O Pixel 6 será apresentado pelo Google no dia 19 de outubro, junto do Pixel 6 Pro. No mesmo evento o gigante das buscas deve mostrar outros aparelhos, como um smartwatch, novas caixas de som inteligentes da Nest e até mesmo um tablet.

Via: GSMArena e Engadget.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!