Jonathan e Diana Toebbe, moradores do condado de Jefferson, no estado da Virgínia, foram presos no último sábado (9) pelo FBI. O casal responderá na justiça pela acusação de espionagem e por ter vendido arquivos confidenciais da Marinha americana em troca de US$ 100 mil (cerca de R$ 554 mil na cotação atual) na criptomoeda monero.

Jonathan era engenheiro do programa nuclear naval. O casal, que segundo as autoridades já praticava o crime desde 2020, foi identificado por um policial do FBI disfarçado de agente de um governo estrangeiro.

publicidade

Leia mais:

Engenheiro tinha acesso a arquivos confidenciais

Agente do FBI mexendo em um computador
Casal foi identificado por um policial do FBI disfarçado. Imagem: Dzelat/Shutterstock

Uma das vantagens do cargo do engenheiro de 42 anos era a possibilidade de acessar dados restritos dos projetos nucleares da Marinha, que também incluía diversas informações militares confidenciais. Com esses arquivos salvos em outros dispositivos de armazenamento, Jonathan os negociava na internet através de endereços de e-mail criptografados.

Em junho, o agente do FBI efetuou uma primeira transferência de US$ 10 mil em monero ao casal. A quantia era referente a uma negociação que vinha desde abril de 2020. 

Dias depois, Jonathan escondeu um cartão SD com arquivos do governo em um sanduíche. Para ganhar a confiança do criminoso, o agente do FBI enviou mais US$ 20 mil em criptomoedas.

“Uma revisão do cartão SD revelou que ele continha dados restritos relacionados a reatores nucleares submarinos”, descreveram as autoridades.

No fim de agosto, Jonathan repetiu a mesma prática. Dessa vez, o policial fez uma última operação financeira equivalente a US$ 70 mil em monero.

Por fim, o FBI prendeu a dupla no último sábado em uma nova tentativa do crime em outro ponto da cidade. Agora, o casal irá enfrentar o tribunal pela primeira vez no Condado de Berkeley nesta terça-feira (12).

Fonte: WBALTV

Créditos da imagem principal: ING Studio1985/Shutterstock

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!