O Google anunciou nesta terça-feira (19) o lançamento do Pixel 6, smartphone com pretensões de topo de linha e preço menor que seus concorrentes. Uma das novidades deste aparelho é o carregamento mais veloz, mas você não poderá tirar proveito do recurso se não comprar um adaptador específico. Na verdade, não conseguirá nem mesmo recarregar a bateria na tomada, já que este acessório não faz parte da lista de itens inclusos na embalagem do aparelho.

No começo a Apple passou a remover o carregador da caixa de seus iPhones, a Xiaomi fez piada e logo seguiu exatamente o mesmo caminho, que também foi trilhado por outras marcas como a Samsung. Agora é a vez do Google entrar no objetivo de salvar o ambiente enquanto economiza dinheiro no custo da produção, ao remover o adaptador de tomada do Pixel 6, junto de seu irmão maior, o Pixel 6 Pro.

publicidade

Leia também

Pixel 6 Pro (Imagem: divulgação/Google)
Pixel 6 Pro (Imagem: divulgação/Google)

Todas as gerações dos smartphones Pixel foram lançados sem fone de ouvido, tendência persistente dentro do Google até mesmo quando estes aparelhos faziam parte de uma linha chamada de Nexus. Nesta geração, a remoção do adaptador de tomada do Pixel 6 pode fazer sentido, já que o aparelho custa menos que seus concorrentes e promete muito com o chip Tensor do próprio gigante das buscas.

Pixel 6 pode ser recarregado com até 30 watts

Além dos avanços em fotografia computacional, como o modo para apagar pessoas ou objetos da cena pelo software de imagens, o Pixel 6 foi lançado com a possibilidade de recarga da bateria com um adaptador de até 30 watts. A quantidade de energia é pequena quando comparada com concorrentes de marcas asiáticas, que já passam de 100 watts, mas por aqui a promessa é boa

O Google diz que tanto o Pixel 6, como o 6 Pro, podem passar apenas 30 minutos na tomada e receber 50% da carga de toda bateria. O carregamento veloz vai até mesmo para a opção sem fios, com suporte para 21 watts chegando por indução.

Para carregar o Pixel 6 com 30 watts basta usar o cabo USB-C incluso na caixa, mas o adaptador de tomada do próprio Google custa US$ 25 e precisa ser comprado separadamente.

Via: XDA-Developers.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!