Jeff Bezos quer levar pesquisadores e parceiros da Blue Origin ao espaço: a empresa aeroespacial anunciou a intenção de criar a sua própria estação espacial – chamada “Orbital Reef” (algo como “recife orbital”). O projeto já está em fase conceitual e, segundo a empresa, conta com apoiadores de peso, como Boeing, Redwire Space, Genesis Engineering Solutions e a Universidade do Estado do Arizona.

Leia também

publicidade

Entretanto, o principal parceiro da Blue Origin na criação da Orbital Reef será a Sierra Space, cujo maior projeto até hoje é a nave Dream Chaser. A espaçonave cargueira tem por objetivo transportar materiais (e, eventualmente, pessoas) à Estação Espacial Internacional (ISS) e que deve começar a voar no começo de 2022.

Segundo o anúncio, a Orbital Reef contará com um volume interno de carga próximo ao da ISS, com espaço para hospedar até 10 pessoas ao mesmo tempo, em áreas residenciais separadas dos setores que desenvolverão projetos científicos. A diferença é que, ao contrário da ISS, o projeto da Blue Origin não será exclusivo a astronautas de agências espaciais, mas também aceitará visitas de parceiros comerciais e industriais da companhia.

O site oficial da estação, que já está no ar com o vídeo acima como introdução, também promete uma suite completa de serviços para quem se aventurar na viagem: transporte, assistência tecnológica, serviços de robótica, integração de hardware e software – tudo para clientes que vão desde agências espaciais até empresas de mídia e turismo, bem como investidores individuais.

Questionada pela imprensa norte-americana sobre o custo desse projeto, a Blue Origin disse que a Orbital Reef será um case de sucesso da empresa e seu valor de investimento não será divulgado. A companhia afirmou que espera contar também com o Starliner, o transporte espacial de carga da Boeing, como nave para transporte de pessoas à estação junto do Dream Chaser.

No presente momento, a Blue Origin se encontra ocupada com desenvolvimentos mais urgentes, como aprimoramentos à nave New Shepard, pela qual já voaram o próprio Jeff Bezos e o ator William Shatner, além de estrear, no ano que vem, a nave New Glenn para cargas. Outro projeto é o Blue Moon, um módulo de pouso lunar para ser empregado pela empresa quando esta puder levar pessoas para a Lua.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!