O shiba inu, um token digital derivado do dogecoin, pode ultrapassar o valor de mercado da criptomoeda “xodó” do bilionário (em breve trilionário) Elon Musk.

Nas últimas 24 horas, a criptomoeda acumulou alta de cerca de 60%, segundo a CoinMarketCap, e já dobrou de preço desde a última semana, atingindo um novo recorde de cotação: US$ 0.00007839.

publicidade

Com capitalização de cerca de US$ 31,4 bilhões, o shiba passa a ocupar a 11ª posição de maior criptomoeda do mercado. Por ora, o dogecoin, que caiu 10% nas últimas 24 horas, é a décima, avaliada em US$ 31,7 bilhões.

Leia mais:

O que é o token shiba inu?

Ilustração 3D da moeda digital Shiba Inu
Expectativa é que o shiba inu seja listado em grandes corretoras de criptomoedas. Imagem: salarko/Shutterstock

Baseado no blockchain ethereum, a moeda digital foi criado em agosto de 2020. O ativo se baseia na imagem de um cachorro japonês da raça shiba inu.

A novidade acabou se tornando uma referência para novos projetos de tokens e desde então alcançou um rápido crescimento. O criptoativo atrai principalmente investidores iniciantes, que geralmente procuram criptomoedas pouco conhecidas na esperança de obter ganhos no futuro.

Por ora, a expectativa dos fãs do token é que o shiba inu seja listado em grandes corretoras como a Robinhood Markets, Inc., que obteve um grande impulso com a negociação de criptomoedas no segundo trimestre — curiosamente, o dogecoin foi o responsável por 62% de sua receita no período.

Por fim, vale lembrar que as criptomoedas são conhecidas por sua volatilidade. O bitcoin, por exemplo, que recentemente atingiu o seu novo recorde, já caiu para menos de US$ 60 mil nesta quarta-feira (27). O próprio dogecoin registra queda de 68% em relação ao seu maior valor registrado em maio deste ano.

Fonte: Cnbc

Créditos da imagem principal: Lubos Mak/Shutterstock

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!