A startup Aptera, responsável pelo desenvolvimento dos primeiros projetos de carros solares (com jeitão de batmóvel) para produção em massa, anunciou planos de entrar em oferta pública inicial e para a construção de suas primeiras micro-fábricas.

A empresa, que iniciou em 2005 e fechou durante a crise de 2008, voltou ao mercado por financiamento coletivo, e agora, com sua primeira planta em inauguração e até figurando no Jay Leno Show, está abrindo o capital para captação de investimentos entre os próximos 9 a 18 meses.

publicidade

O novo financiamento vem acompanhado de um modelo de distribuição em fábricas de menor escala. A primeira instalação da Aptera, em Carlsbad, Califórnia, possui apenas 7,167 m² — e esta estrutura compacta pode ser replicada em outras cidades.

A aposta da startup é que a linha de montagem simplificada, sem necessidade de grandes soldas e maquinários, permita a contratação de força de trabalho local barata, fornecendo diretamente para seu público-alvo local.

Startup quer lançar 40 carros solares por dia

Como meta inicial, a fábrica da Aptera em Carlsbad irá aumentar a produção até chegar a 40 Paradigm, nome dos carros solares da empresa, por dia. Segundo o Vice-Presidente de Produção da startup, Pablo Ucar, o ritmo pode chegar a 800 unidades mensais.

No momento, a startup já possui pedidos para 13 mil carros — um número que logo exigirá mais de uma fábrica para atingir em breve.

Via AutoEvolution

Imagem: Divulgação/Aptera

Leia mais:

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!