Markus Schäfer, CEO da Daimler Group Research e da Mercedes-Benz Cars anunciou a revelação do Vision EQXX para 03 de janeiro de 2022. Daqui a pouco mais de um mês, o veículo elétrico mais eficiente que a montadora alemã já produziu (como disse o próprio Schäfer em seu post no LinkedIn) será apresentado ao público, atualizado com um alcance um pouco menor.

O conceito surgiu no ano passado, um carro elétrico ultra-econômico, “de maior alcance e maior eficiência que o mundo já viu”. Na época, cogitou-se um veículo capaz de alcançar uma autonomia de até 1.200 quilômetros com apenas uma carga; não foi para tanto, mas chegou perto. E, entrando em produção, deve bater o recorde atual, do Lucid Air, em mais de 100 km.

publicidade

“Queremos desenvolver um veículo elétrico de classe compacta, que pode dirigir 1 mil km”, afirmou o COO. Isso sendo feito com uma só carga de bateria, sob um consumo de menos de 10 kWh a cada 100 km e em velocidades e condições normais de rodovia. O executivo argumentou que a montadora precisa melhorar a eficiência de seus veículos elétricos se quiser atingir seus objetivos de eletrificação.

Muita economia mesmo

Só para termos uma ideia sobre o que significa em economia, para carregar um Fiat 500e, que tem uma autonomia de 320 km, o custo fica em torno de R$ 35. Se ele tivesse 1 mil km de alcance, o custo seria por volta dos R$ 110 (uma distância parecida com ida e volta entre as cidades de São Paulo/SP e Ponta Grossa/PR).

Comparando com o consumo citado por Schäfer, de um dígito de quilowatts-hora a cada 100 km (vamos colocar 9 kWh a cada 100 km), teríamos 90 kWh a cada 1 mil km. Para pegar um exemplo, o valor em São Paulo por kWh é de R$ 0,238. Multiplicando por 90, temos R$ 21,42 para rodar ida e volta entre a cidade paulista e a paranaense.

Schäfer disse que o novo veículo será equipado com células de bateria com densidade de energia 20% maior do que no EQS, o mais recente e poderoso carro elétrico de luxo da Mercedes-Benz. Além do consumo e alcance, a empresa quer otimizar a parte aerodinâmica do veículo. “Este projeto tem como objetivo superar o que já alcançamos com o EQS”.

“Nosso Vision EQXX é mais do que um show car, é um programa de tecnologia interdisciplinar – estamos examinando cada bloco de construção de eficiência e não apenas focando em elementos individuais”. O COO explica que a equipe interdisciplinar de projetos no EQXX, trabalha lado a lado eficiência energética, desenvolvimento de conceito de veículo, integração do sistema eDrive, Software e design. Além disso, a Mercedes AMG High Performance Powertrains (especializada nos desenvolvimentos para a Fórmula 1) também está presente no projeto.

Leia mais:

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal.