Está chegando a hora: o telescópio espacial James Webb, o sucessor direto do Hubble, foi transportado ao edifício de montagem, aguardando seu encontro com o foguete Ariane 5, da Arianespace, no Espaçoporto Europeu, Guiana Francesa.

O telescópio será lançado no dia 22 de dezembro – uma quarta-feira – com o objetivo de produzir imagens de objetos a incríveis distâncias de nossa posição na Terra – estimativas indicam que ele é mais de 100 vezes mais poderoso que o Hubble, atualmente nos estágios finais de sua missão.

publicidade

Leia também

Imagem mostra parte do telescópio espacial James Webb
O telescópio espacial James Webb traz consigo a expectativa de alavancar uma revolução de grandes descobertas no estudo do espaço (Imagem: NASA/Divulgação)

A mudança para a estrutura de montagem é, a grosso modo, o último passo antes do lançamento. A ideia é posicionar o telescópio e o foguete no mesmo edifício, usando estruturas especializadas para levantar a carga e posicioná-la no topo do veículo de transporte. O foguete Ariane 5 já havia sido transportado para o mesmo ponto em 29 de novembro.

Paralelo ao transporte, um time de engenharia já cuidou de preencher o foguete com o líquido propelente, que servirá de combustível para o transporte do James Webb da ignição em Terra até a saída do planeta, em órbita.

O telescópio espacial James Webb será o maior e mais poderoso de seu tipo já construído, e será operado em parceria entre as agências espaciais americana (NASA) e europeia (ESA). Cerca de 28 minutos após a decolagem, o telescópio se desconectará de seu veículo de lançamento e começará “a mais complexa sequência de implantações já tentada em uma única missão espacial”, de acordo com a Nasa.

Vale lembrar que o James Webb ficará a uma distância relativamente longa da Terra, posicionado no que se conhece como “Segundo Ponto de Lagrange”, em uma órbita a cerca de 1,5 milhão de quilômetros (km) do Sol. Então os testes para assegurar seu funcionamento da partida até o posicionamento e execução de tarefas foram mais aprofundados que o normal – convenhamos, se algo falhar, uma manutenção humana demora a chegar.

O lançamento do telescópio espacial James Webb será transmitido pela NASA em seu canal oficial no YouTube.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!