Uma pesquisa realizada pelo portal Vagas.com apontou que 4 em cada 10 funcionários preferem o regime de trabalho híbrido, que mescla atividades presenciais e home office. Foram ouvidos mais de 11 mil candidatos presentes na plataforma de processo seletivo.

O estudo mostrou que os principais motivos para a preferência são: evitar deslocamento; flexibilidade em casa; interação pessoal com os colegas. Cerca de 42% dos voluntários aprovaram o regime híbrido, enquanto 32% preferem o presencial e outros 26% optam pelo home office integral.

publicidade

Leia também!

Cerca de 41% dos ouvidos afirmaram que três dias presenciais são a melhor opção, outros 33% optaram por dois dias, 14% por quatro dias, 5,6% um dia e 6,4% outros.

“Essa pesquisa consolida o modelo híbrido de trabalho como o queridinho dos funcionários. Desde que começou a ser implantado durante a pandemia, os trabalhadores foram percebendo que era possível aliar sua atividade profissional com outras de cunho pessoal. Essa flexibilidade foi notada rapidamente e despertou uma grande motivação para muita gente, que jamais pensou que poderia ajustar agendas de acordo com a demanda”, afirmou a especialista de marketing da Vagas.com, Ludmila Seki.

Home office na pandemia de covid-19
Pesquisa aponta que 4 em cada 10 trabalhadores preferem regime híbrido. Foto: Creative Lab/Shutterstock

O estudo comprova que o período de pandemia de Covid-19 fez com que as pessoas tivessem a certeza que a interação com os colegas do ambiente de trabalho é importante. Seki relata ainda que este tipo de regime de trabalho já é um diferencial de empresas no momento de cativar um candidato no momento do processo seletivo.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!